Busca avançada
Ano de início
Entree

A alteridade organizada, vivida e pensada entre os Tiriyó

Processo: 97/14122-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 1998
Vigência (Término): 30 de abril de 2001
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Dominique Tilkin Gallois
Beneficiário:Maria Denise Fajardo Grupioni
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:95/00602-0 - Sociedades indígenas e suas fronteiras na região sudeste das Guianas, AP.TEM
Assunto(s):Organização social   Caribe   Relação social

Resumo

Este projeto de pesquisa visa o estudo do modo pelo qual os Tiriyó, povo indígena Caribe da região fronteiriça entre Brasil e Suriname, lidam com seus diferentes níveis de alteridade. Trata-se de uma proposta de análise das formas de sociabilidade que vêm emergindo no contexto de convivência interétnica em que estão inseridos. O objetivo principal é o de estudar o modo como o alargamento de suas relações externas, a partir da instauração de um convívio direto com grupos indígenas vizinhos e com brancos, reflete-se na organização sócio-espacial, nas relações sociais e nas representações sobre o mundo em que vivem. (AU)