Busca avançada
Ano de início
Entree

A segunda lei generalizada da termodinâmica

Processo: 02/03708-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2002
Vigência (Término): 31 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:George Emanuel Avraam Matsas
Beneficiário:André Ricardo Rocha da Silva
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Relatividade geral

Resumo

A descoberta de que buracos negros irradiam partículas elementares num espectro térmico em 1974 juntamente com a formulação das Leis Mecânica dos Buracos Negros pouco antes, sugeriu a generalização da terceira lei da termodinâmica, assim como segue: a entropia ordinária da matéria (externa aos buracos negros) mais a entropia dos buracos negros de um sistema fechado nunca decresce. Apesar de haver várias evidências a favor desta lei, há um contínuo esforço no sentido de (i) deduzi-la a partir de primeiros princípios e (ii) testá-la por meio de experimentos mentais. O projeto de mestrado ora proposto visa revisitar a terceira lei-generalizada da termodinâmica principalmente quanto a este segundo aspecto e eventualmente dar alguma contribuição em pontos controvérsias discutidos na literatura. Este projeto, que envolverá principalmente Relatividade Geral, Termodinâmica e conceitos de Teoria Quântica de Campos, além de atual, acabará por dar uma visão bastante abrangente ao Sr. Rocha da Silva da área de Teoria Quântica de Campos em Espaços-Tempos Curvos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, André Ricardo Rocha da. A segunda lei generalizada da termodinâmica. 2004. 128 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Física Teórica. São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.