Busca avançada
Ano de início
Entree

As margens do limite: a ocupação da Foz do Breu, Acre, através etnografia, história e narrativas de vida

Processo: 01/10890-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Mariza Corrêa
Beneficiário:Andrea Martini
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Uso do solo   Áreas de fronteira   Acre   Etnografia   Narrativa oral

Resumo

O objetivo deste projeto é estudar as estratégias de ocupação territorial promovidas nos últimos setenta anos, por grupos familiares da vila Foz do Breu, Acre, área de fronteira internacional com Peru, localizada no alto curso do rio Juruá, mais precisamente na Reserva Extrativista do Alto Juruá. A Foz do Breu é marco de fronteira internacional e para a Reserva Extrativista, área de atuação e sede da subprefeitura e subdelegacia do município de Marechal Thaumaturgo e faz limite com a Área Indígena Ashaninka-Kaxinawá do Rio Breu. Através da etnografia, aliada à pesquisa histórica, documental e narrativas de vida, delineiam-se as fórmulas de apropriação do espaço-território no período citado. Com a criação da Reserva Extrativista do Alto Juruá (doravante REAJ), a propriedade jurídica dos seringais desaparece, mas, é recriada em narrativas e práticas do tempo dos patrões, como o aviamento e a assistência. Este conjunto de limites geopolíticos, fixos no papel e maleáveis no cotidiano, correspondem aos interesses de sujeitos e alteridades em ação, marcas do influxo-refluxo de redes sociais que configuram limites (im) precisos. Esta pesquisa espera demonstrar, como e em que medida, as redes de aliança e/ou contraponto entre populações circunvizinhas, relações de gênero, categorias etárias, vizinhança, afinidade e parentesco somadas às narrativas estratégicas são responsáveis pelo estabelecimento de marcos fronteiriços na região da Foz do Breu. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARTINI, Andrea. A margem do limite : fornteira e narrativa na Foz do Breu, Acre, Brasil. 2005. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.