Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo catalepsia induzida pela inibição do sistema do óxido nítrico em camundongos: efeito de antioxidantes

Processo: 02/10447-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Elaine Aparecida Del Bel Belluz Guimarães
Beneficiário:Márcio Lazzarini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Antioxidantes   Catalepsia

Resumo

O objetivo geral do presente trabalho é dar continuidade à investigação da influência do NO sobre a regulação da atividade motora no sistema nervoso central, analisando o efeito de inibidores da Sintase do Óxido Nítrico sobre a atividade motora e modificações plásticas resultantes da ação de inibidores de NOS em regiões do sistema nervoso central. A administração de neurolépticos como o haloperidol em ratos produz catalepsia (equivalente animal do Parkinsonismo), caracterizado pelas posturas não-usuais. Este estado de imobilidade é considerado um modelo animal de efeitos colaterais extrapiramidais (Parkinsonismo induzido) que ocorrem em humanos tratados com neurolépticos/antipsicóticos típicos. Diversas substâncias com ação antioxidante vem sendo utilizadas na terapêutica da Doença de Parkinson. Dado o interesse em drogas que possam ser utilizadas na terapêutica da doença de Parkinson e da Esquizofrenia, os inibidores da NOS seriam candidatos potenciais de utilização. O efeito da maioria das drogas não foi ainda testado sobre a modulação da catalepsia induzida pelo L-NOARG. Uma outra parte do estudo do papel do NO sobre atividade motora é concernente ao estudo da modulação da catalepsia induzida pelo L-NOARG por substâncias antioxidantes Vitamina C e a melatonina. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.