Busca avançada
Ano de início
Entree

Van Gogh em sua correspondência: auto imagem e o artista moderno

Processo: 02/09719-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Joao Augusto Frayze-Pereira
Beneficiário:Luciana Bertini Godoy
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Arte moderna   Autoimagem   Psicologia social

Resumo

Conhecido como o "pintor maldito", Vincent van Gogh (1853-1890) tem atrelado à sua imagem um elenco de estereótipos, mitos e lendas, formados e perpetuados pelos trágicos acontecimentos de sua vida, não menos que por sua trágica pintura. O presente projeto visa a investigação das idéias e pontos de vista do próprio Van Gogh, sobre si mesmo e o mundo em que viveu, a arte do passado e de seu tempo, bem como a sua própria, amplamente registrados em sua extensa correspondência. Será realizada uma análise temática das 262 cartas escritas nos últimos quatro anos de vida do artista, material que já foi abordado estruturalmente (temas e subtemas) na Dissertação de Mestrado. O tecido formado pela intersecção de sentidos do próprio conteúdo das cartas será também composto de referências que permitam uma compreensão mais profunda do olhar do artista, na medida em que documentarem a cultura e as concepções vigentes na época em que viveu Van Gogh. Serão privilegiados temas, cuja análise permitirá delinear a auto-imagem de Van Gogh. A apreensão do "universo de Van Gogh" a partir de sua própria perspectiva permitirá, ainda, examinar os principais elementos que compõem a figura do artista moderno, numa manifestação singular e emblemática, compreendendo por que Van Gogh pode ser considerado um de seus principais representantes. (AU)