Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de híbridos de laranja Pêra (Citrus sinensis (L.) Osb.) x Tangor Murcott (Citrus reticulata Blanco x C. sinensis (L.) Osb.) quanto à suscetibilidade, tolerância e resistência à Xylella fastidiosa

Processo: 03/06064-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2003
Vigência (Término): 31 de maio de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Marcos Antonio Machado
Beneficiário:Eridan Orlando Pereira Tramontina Florean
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Citrus   Xylella fastidiosa   Clorose variegada dos citros   Resistência à doença

Resumo

A Clorose Variegada dos Citros (CVC) é uma doença causada pela bactéria Xylella fastidiosa, transmitida através de borbulhas contaminadas e também por insetos vetores. Dentro do gênero Citrus existem espécies suscetíveis e resistentes, sendo as laranjas doces as mais suscetíveis. Dentre os resistentes incluem alguns limões e híbridos. Dentro de um programa de melhoramento desenvolvido no Centro APTA Citros Sylvio Moreira foram obtidos e selecionados híbridos do cruzamento entre laranja 'Pêra' e tangor 'Murcote', sendo necessário um estudo relevante dos indivíduos selecionados para poder avaliar os níveis de suscetibilidade, tolerância ou resistência a doença. Plantas parentais e os indivíduos contrastantes (susceptível e resistente) selecionados dentro da progênie serão utilizados nos estudos sobre mecanismos de resistência a X. fastidiosa. Para tal será analisada a taxa de colonização desta bactéria nas plantas através de qPCR e isolamento quantitativo para verificar a viabilidade das células. Estudos microscópicos enfocando anatomia dos vasos do xilema também serão efetuados visando elucidar se há diferenças no diâmetro dos vasos e se há correlação destes com a resistência ou tolerância das plantas a CVC. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FLOREAN, Eridan Orlando Pereira Tramontina. Avaliação de híbridos de laranja pêra (Citrus sinensis (L.) Osb) x Tangor Murcott (Citrus reticulata Blanco x C. sinensis (L.) Osb.) quanto a suscetibilidade, tolerância e resistência a Xylella fastidiosa. 2005. 74 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Instituto de Biociências Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.