Busca avançada
Ano de início
Entree

Durabilidade do concreto - Fase II. estudo da microestrutura e da carbonatação do cobrimento de concreto com alto teor de adição mineral e cal hidratada

Processo: 03/05315-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2003
Vigência (Término): 30 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Maria Alba Cincotto
Beneficiário:Juarez Hoppe Filho
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Carbonatação   Durabilidade   Microestruturas

Resumo

A camada de cobrimento do concreto sofre variações decorrentes do efeito parede propiciado pelo tipo de forma, cura e das trocas termo-higrométricas com o meio ambiente. Isto repercute nas características desta camada, a qual apresentará parâmetros de microestrutura diferentes do concreto situado na parte mais interna das peças estruturais. O emprego de pozolanas também alteram essas características se comparadas ao cimento Portland. Há refinamento dos poros pela formação do C-S-Hsecundário. A utilização de altos teores de adições minerais em substituição ao cimento consome o hidróxido de cálcio proveniente da hidratação, resultando em decréscimo ou consumo total deste, propiciando maior velocidade de carbonatação, com queda do pH da água dos poros, podendo despassivar a armadura do concreto armado e desencadear seu processo corrosivo. Pretende-se adicionar aos concretos, com cinza volante, cal hidratada, em teor de 20% sobre a massa de materiais cimentícios. Para analisar e quantificar o efeito da adição de cinza volante conjugado com a adição da cal hidratada pretende-se traçar um perfil das variáveis microestruturais da camada de cobrimento, a cada centímetro, partindo-se da face externa até 5 centímetros para o interior da peça, bem como um estudo sobre a carbonatação das seguintes composições aglomerantes: Cimento Portland CPV - ARI; CPV - ARI (50%) e cinza volante (50%) e CPV - ARI (50%), cinza volante (50%) e cal hidratada (20%). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FILHO, Juarez Hoppe. Sistemas cimento, cinza volante e cal hidratada: mecanismo de hidratação, microestrutura e carbonatação de concreto.. 2008. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.