Busca avançada
Ano de início
Entree

A justica, a cidade e a alma: a relacao entre o conceito de justica e as demais virtudes cardeais na republica de platao.

Processo: 03/03495-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2003
Vigência (Término): 31 de agosto de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Ética
Pesquisador responsável:Marco Antônio de Ávila Zingano
Beneficiário:José Wilson da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/08899-5 - Ética e metafísica em Aristóteles, AP.TEM
Assunto(s):República   Filosofia antiga   Platão   Virtude   Justiça

Resumo

O que esta proposta de pesquisa visa é determinar as relações existentes, na República, do conceito de justiça, que ocupa um lugar central neste diálogo, com as demais virtudes cardeais - a sabedoria, a coragem e a temperança. Para isso, faz-se necessário delimitar - a partir d a República, que seria, nessa démarche, um determinado desfecho- o percurso dado por Platão à discussão acerca das virtudes cardeais desde os diálogos socráticos. Na República, Platão relaciona estas virtudes com a alma e a cidade, determinando que, para cada parte, de acordo com a sua natureza própria, tanto da alma como da cidade, deve ser aplicada uma dessas virtudes. Ao partir do conceito de Justiça, para pensar a alma e a cidade justas, o que Platão parece reivindicar é uma centralidade do conhecimento do Bem e do Justo em si na determinação do que são a justiça, a sabedoria, a coragem, a temperança, enfim, as virtudes cardeais. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, José Wilson da. A unidade das virtudes nos diálogos socráticos: uma questão de método. 2006. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.