Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilizacao dos dados de sequencias expressas na identificacao e caracterizacao dos novos antigenos tumorais cancer/testis.

Processo: 03/05193-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2003
Vigência (Término): 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Anamaria Aranha Camargo
Beneficiário:Fabiana Bettoni
Instituição-sede: Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (ILPC). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Genomas   Etiquetas de sequências expressas   Imunoterapia   Neoplasias

Resumo

O estudo da imunologia tem permitido o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas e diagnosticas. Um ponto fundamental para o sucesso da imunoterapia contra o câncer é a identificação de antígenos tumorais que possam ser utilizados no desenvolvimento de vacinas para a imunização de pacientes. Os antígenos CT(CTs) apresentam como principal característica um perfil de expressão em tecidos normais restrito a testículo e em tecidos tumorais abrangendo um grande número de tipos histológicos. Devido ao grande número de seqüências expressas disponibilizadas em banco de dados públicos está cada vez mais acessível e prática a utilização da bioinformática para a avaliação in silico do padrão de expressão gênica. No caso dos CTs, tendo conhecimento da origem tecidual das ESTs correspondentes a um dado transcrito é possível selecionar candidatos que possuam seqüências expressas derivadas apenas de testículo normal e de tecidos tumorais. Assim sendo, este projeto tem como objetivo identificar novos antígenos CT através da utilização dos dados de seqüências expressas disponíveis em bancos de dados públicos. Para tanto, nós utilizaremos o Banco de Dados do Transcriptoma Humano construído e disponibilizado pelo Laboratório de Biologia Computacional do Instituto Ludwig e a validação experimental será realizada através da análise por RT-PCR do perfil de expressão em tecidos normais e de origem tumoral. (AU)