Busca avançada
Ano de início
Entree

Tracos e transformacoes de uma sociedade escravista: a riqueza em araxa, 1776-1898.

Processo: 03/03018-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2003
Vigência (Término): 31 de agosto de 2005
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Demografia - Demografia Histórica
Pesquisador responsável:José Flávio Motta
Beneficiário:Déborah Oliveira Martins dos Reis
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Dedicar-nos-emos à análise do evolver econômico e demográfico da localidade de Araxá, situada na província de Minas Gerais, mediante o estudo dos níveis e da composição da riqueza que refletem aquele evolver no período 1776-1898, temporalidade que abrange um conjunto de profundas transformações que marcaram a sociedade brasileira e mineira, principalmente no que respeita à escravidão. Na pesquisa proposta damos continuidade e aprofundamos o trabalho de iniciação científica (IC-FAPESP) intitulado "Riqueza e Escravidão em Araxá (1776-1898)". Pretendemos explorar o alentado leque de possibilidades analíticas esboçado no estudo anterior, com fundamento na incorporação ao trabalho de uma quantidade adicional de processos de inventários post-mortem, fonte principal de nosso estudo, complementados pelos dados das listas nominativas de 1832 e do Recenseamento Geral do Império, realizado em Minas em 1873. Pretendemos, pois, centrar nossa atenção na riqueza pessoal de integrantes da sociedade araxaense, identificando os componentes dessa riqueza, suas relações e sua mutação e diversificação ao longo do tempo. Nesse contexto, o estudo dos escravos merece atenção especial, sendo identificadas suas características demográficas, preços e a estrutura de sua posse. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)