Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dos bambus na chuva de sementes e estabelecimento de plan tulas na Mata Atlântica

Processo: 03/11073-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Marco Aurelio Pizo Ferreira
Beneficiário:Debora Cristina Rother
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Assunto(s):Restauração florestal   Bambu

Resumo

Nas clareiras da Floresta Ombrófila Densa tem sido verificada a ocorrência em grandes densidades de espécies de bambus e de bambusóides invasoras, fato que se intensifica em áreas perturbadas. Quando estabelecidos, os bambus funcionam como barreiras à chegada de luz solar direta ao solo podendo afetar a germinação, o crescimento e a sobrevivência das plantas nativas e ainda interferir na composição da chuva de sementes, comprometendo todo o processo de sucessão de clareiras. Estudos na Floresta Atlântica sobre a avaliação da influência do bambu na chegada de sementes no solo são inexistentes, portanto diante disso, este projeto tem o objetivo de verificar se a composição e o padrão temporal da chuva de sementes ocorrem de forma diferente entre os ambientes colonizados e não colonizados por bambus, além disso, será utilizada a composição da avifauna frugívora como indicador de dispersão diferencial entre estes dois ambientes, já que em alguns estudos, foi demonstrada preferência específica de aves por manchas com diferentes estruturas de vegetação dentro da fisionomia de mata e por atuarem como importantes agentes dispersores das sementes. Para avaliar a chuva de sementes serão usados coletores de sementes durante o período de um ano e a avifauna será monitorada pelo método de censos por pontos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.