Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo temporal da secrecao de vasopressina e ocitocina durante choque septico experimental induzido por ligadura e perfuracao cecal.

Processo: 03/08261-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2004
Vigência (Término): 30 de junho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Maria José Alves da Rocha
Beneficiário:Gabriela Ravanelli de Oliveira Pelegrin
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/11766-0 - Controle neuroquímico da temperatura corporal, AP.TEM
Assunto(s):Vasopressinas   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa (RT-PCR)   RNA mensageiro   Ocitocina   Sepse

Resumo

Os hormônios VP e OT são sintetizados nos neurônios magnocelulares dos núcleos supraóptico e paraventricular do hipotálamo, e ficam armazenados na neurohipófise até liberação para a circulação mediante estímulos adequados, entre os quais está o choque séptico. Por definição, choque séptico é uma resposta inflamatória sistêmica à infecção (sepse) acompanhada por hipotensão, febre e hipotermia. Sepse é induzida por componentes das paredes bacterianas, como o lipopolissacarídeo (LPS) das bactérias gram-negativas. Após administração de LPS, pesquisadores tem relatado aumento inicial da concentração plasmática de VP seguido de queda e posterior deficiência na secreção, também tem sido relatado aumento na expressão de c-fos em magnocélulas hipotalâmicas, implicando em possível aumento de síntese de VP e OT. Porém, ainda não são bem conhecidas as alterações no conteúdo neurohipofisário e hipotalâmico de VP durante esse processo. Enquanto para OT nem mesmo existem informações sobre a expressão gênica durante choque séptico. Sabe-se que tanto administração de LPS como ligadura e perfuração cecal (CLP) podem induzir sepse experimenta), sendo CLP o modelo que melhor reproduz o quadro séptico observado em humanos. Apesar disso, não há estudos da secreção de VP e OT usando esse modelo experimental. Assim, a proposta desse trabalho é analisar a síntese e liberação de VP e OT durante sepse induzida por CLP. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)