Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de alta eficiência de homoserina lactonas e enzimas em bactérias importantes na agricultura

Processo: 03/09357-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2004
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Anita Jocelyne Marsaioli
Beneficiário:Armando Mateus Pomini
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Bactérias gram-negativas   Fitopatógenos   Atividade enzimática   Biocatálise

Resumo

O presente trabalho propõe o estudo de bactérias Gram-negativas, dentre os mais de 3000 microrganismos isolados, catalogados e preservados na Embrapa Meio Ambiente de Jaguariúna, com a colaboração do Dr. Itamar Soares de Mello. Serão estudados os mecanismos de comunicação entre bactérias, através de sinalizadores químicos conhecidos como acil homoserina lactonas (AHSL). Estas moléculas são responsáveis pela coordenação conjunta da excreção de fatores de virulência. Logo, a prospecção deste tipo de mecanismo em bactérias importantes na agricultura pode auxiliar no controle de fitopatógenos que causam grandes prejuízos a este setor da economia. Além disso, serão avaliadas as enzimas presentes nestes microrganismos para servirem de biocatalisadores em reações de epoxidação, Baeyer-Villiger e oxidação de enxofre e fósforo, permitindo a detecção de enzimas importantes do ponto de vista econômico, principalmente na química fina direcionada à produção de fármacos enantiopuros. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
POMINI, Armando Mateus. Semioquimicos produzidos por bacterias fitopatogenicas e opiliões brasileiros. 2006. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.