Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização celular das proteínas de Drosophila ortólogas da ataxina-2 e da proteína ligante de ataxina-2 em humanos

Processo: 03/13843-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2004
Vigência (Término): 31 de maio de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Maria Luisa Paçó-Larson
Beneficiário:Deise Cristina Poleto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ataxina-2   Drosophila

Resumo

A ataxia espinocerebelar do tipo 2 (SCA2) é uma doença neurodegenerativa causada pela expansão da repetição de glutamina que ocorre no amino-terminal da ataxina-2. Essa proteína é de expressão ubíqua, detectada no citoplasma de vários tipos celulares, preferencialmente na periferia do complexo de Golgi. A proteína A2BP1, recentemente identificada por interagir diretamente com a ataxina-2, tem expressão restrita ao cérebro e músculo e localiza-se na periferia do Golgi em neurônios, sugerindo que a interação entre essas duas proteínas possa contribuir para a restrição tecidual da patologia. Assim como a ataxina-2, a A2BP1 apresenta identidade significativa com proteínas codificadas em genes preditos em vários organismos, inclusive Drosophila, o que reforça a idéia de que atuem em via conservada evolutivamente. Com o objetivo de investigar se a conservação de seqüência dessas proteínas se estende ao nível funcional, e para contribuir com a caracterização celular das proteínas de Drosophila, neste projeto propomos: i. localizar celular e sub-celularmente as isoformas da ataxina-2 de Drosophila e a ortóloga da A2BP1 humana, em células Schneider (S2) e em frações celulares de organismo adulto, ii analisar o efeito da superexpressão e da falta de função das isoformas da ataxina2, e da ortóloga de A2BP1, e da deleção de motifs conservados entre a ataxina-2 humana e a de D. melanogaster, sobre a morfologia, localização sub-celular, viabilidade e crescimento celular. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.