Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos aerossóis de queimadas nas concentrações de oxidantes fotoquímicos

Processo: 03/10354-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2004
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Pedro Leite da Silva Dias
Beneficiário:Éder Paulo Vendrasco
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/06908-7 - Interações entre radiação, nuvens e clima na Amazônia na transição entre as estações seca e chuvosa/LBA, AP.TEM
Assunto(s):Amazônia   Cerrado   Transporte de contaminantes   Poluição atmosférica   Queimada   Ozônio   Oxidantes fotoquímicos   Aerossóis

Resumo

Este tem trabalho tem como objetivo central explorar o impacto do transporte de gases precursores do processo de formação de ozônio produzidos por queimadas na concentração deste poluente na Região Metropolitana de São Paulo, onde existe intensa emissão de precursores associados às fontes veiculares. O transporte de gases e material particulado emitidos pela queima de biomassa e outras fontes de poluição tem sido extensivamente estudado nos últimos tempos. Estudos realizados no contexto do experimento LBA (Large Scale Biosphere-Atmosphere Experiment in Amazônia) mostram que esse transporte pode atingir regiões remotas tais como as regiões sul e sudeste do Brasil e permanecer nessas regiões por vários dias, alterando assim o balanço de energia em superfície e em níveis mais elevados da atmosfera. Altas concentrações de ozônio ocorrem geralmente em dias em que a altura da camada limite é elevada dada a grande disponibilidade de energia solar. Com a presença de grande quantidade de material de queimadas na atmosfera, é possível que haja uma alteração significativa na disponibilidade de radiação que atinge os níveis mais baixos da atmosfera e, desta forma, influenciar na formação do ozônio. Esse trabalho será baseado na modelagem numérica da do processo de formação e transporte dos principais gases associados à formação de ozônio na troposfera e na análise de dados observacionais coletados em experimentos de campo já realizados e dados provenientes da rede operacional da CETESB em São Paulo. A modelagem numérica será realizada utilizando o "Regional Modeling Atmospheric System"- RAMS. Acoplado a esse modelo existem alguns módulos tais como um modelo Euleriano de fontes emissoras de aerossóis de origem antropogênica (veicular e industrial), o modelo de física de aerossóis aerossóis e radiação denominado CARMA (Community Aerosol &Radiation Model for Atmospheres) e um módulo fotoquímico simplificado para estudar o processo de formação também foi desenvolvido recentemente e será ser utilizado neste estudo. (AU)