Busca avançada
Ano de início
Entree

As obras da mae-preta: literatura, pintura e fotografia entre 1870-1930

Processo: 03/10183-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2004
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia das Populações Afro-brasileiras
Pesquisador responsável:Lilia Katri Moritz Schwarcz
Beneficiário:Rafaela de Andrade Deiab
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Antropologia da arte   Escravidão   Modernismo

Resumo

A representação das mães-pretas na literatura, pintura e fotografia entre 1870-1930 é o objeto desse projeto. Nessa pesquisa, temos como objetivo mais geral explorar essas versões artísticas dessa representação, na medida em que são interpretações que dialogam, ao mesmo tempo que compõem, o imaginário social brasileiro. Para tal, buscaremos as suas interfaces de diálogo com a realidade, tentando compreender as suas variações (perspectiva diacrônica); procuraremos também, suas reincidências visando os sentidos profundos dessa repetição (perspectiva sincrônica). Além disso, como objetivo mais específico, procuramos estudar a imagem da mãe-preta interpelada pelas discussões de mestiçagem e símbolos mestiços da identidade nacional. Como o objeto se compõe de obras de arte, afigura-se uma boa oportunidade para se discutir a relação entre antropologia e arte; sobretudo o modo como os movimentos estéticos interpretam e expressam nossa história. E então, poderemos analisar como se fez, em diversos momentos desse período, a interpretação do passado escravista e do legado da cultura africana; às vezes enunciado como afro-brasileiro e outras quiçá, somente brasileiro. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DEIAB, Rafaela de Andrade. A mãe-preta na literatura brasileira: a ambigüidade como construção social (1880-1950). 2006. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.