Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de proteinas musculares relacionadas a diferenciacao de tipo de fibras em atletas.

Processo: 03/10177-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2004
Vigência (Término): 31 de outubro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Mariz Vainzof
Beneficiário:Viviane Palhares Muniz
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14254-2 - Centro de Estudos do Genoma Humano, AP.CEPID
Assunto(s):Atletas

Resumo

O músculo estriado esquelético é composto por porcentagens variáveis de fibras de contração rápida (tipo 2) e de contração lenta (tipo 1), que expressam diferentes isoformas da cadeia pesada da miosina (MHC). Estas fibras são capazes de alterar sua composição e propriedades em resposta a alterações na demanda funcional, o que pode ocasionar mudanças no padrão de expressão de fatores de transcrição (MYFs) e de crescimento (GDF-8) do músculo. Polimorfismos nos genes GDF-8 e ACTN3 também podem estar envolvidos na fisiologia da fibra muscular. Estudos têm mostrado um predomínio de fibras tipo 1 em atletas maratonistas, que tem sido atribuído tanto a fatores genéticos como ao efeito de exercícios específicos. O treinamento de resistência a que são submetidos pode acarretar em adaptações que causariam a transformação de tipo de fibras, com expressão diferencial das isoformas da MHC. Os objetivos do presente projeto consistem em: 1- Verificar a freqüência dos polimorfismos nos genes ACTN3 e GDF-8 em atletas maratonistas e correlacionar com o tipo de fibra; 2- Verificar a expressão de mRNA dos genes GDF-8, MYF3 e MYF4 nas fibras musculares dos atletas e correlacionar com os tipos de fibras; 3- Verificar se há presença de fibras imaturas ou em regeneração através da expressão de isoformas embrionárias da miosina; 4- Verificar se há aumento da microvascularização nas fibras dos atletas, através de imunofluorescência com anticorpo para o colágeno XV. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MUNIZ, Viviane Palhares. Estudo de proteínas musculares relacionadas à diferenciação de tipo de fibras em atletas. 2006. 68 f. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.