Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação das b-glicosidases produzidas pelos microrganismos Aureobasidium pullulans e Thermoascus aurantiacus em derivados de soja, sucos e bebidas e estudos cristalográficos das enzimas

Processo: 04/02096-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2004
Vigência (Término): 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Roberto da Silva
Beneficiário:Rodrigo Simões Ribeiro Leite
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Isoflavonas

Resumo

A b-glicosidase é uma importante enzima do complexo celulolítico microbiano, sendo responsável pela conversão da celobiose em glicose. Dentre várias aplicações, recentemente ela também vem crescendo em importância no campo de produção de alimentos funcionais porque atua transformando isoflavonas glicosiladas da soja em isoflavonas agliconas, aumentando a biodisponibilidade destas biomoléculas ao intestino humano. Esta enzima também é utilizada para a estabilização da cor de sucos e bebidas, hidrolisando antocianinas em antocianidinas, que são facilmente removidas durante a filtração. Durante o desenvolvimento do trabalho de mestrado foi observado que a b-glicosidase produzida pela levedura mesofílica Aureobasidium pullulans apresenta maior termoestabilidade que a produzida pelo fungo termofílico Thermoascus aurantiacus. Isto foi surpreendente e inesperado porque contrariou a estabelecida correlação entre termofilia dos microrganismos e a termoestabilidade de suas correspondentes enzimas produzidas. Esta diferença de termoestabilidade é provavelmente reflexo de diferenças estruturais. Este trabalho tem como finalidade comparar as estruturas tridimensionais destas enzimas, utilizando técnicas cristalográficas e de difração de raio X. Estas diferenças estruturais também devem refletir no modo de ação destas b-glicosidases, por isso serão também realizados estudos da aplicação destas enzimas em derivados de soja, sucos e bebidas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, JOSIANI DE CASSIA; RIBEIRO LEITE, RODRIGO SIMOES; ALVES DO PRADO, HELOIZA FERREIRA; BOCCHINI MARTINS, DANIELA ALONSO; GOMES, ELENI; DA SILVA, ROBERTO. Production and Characterization of beta-glucosidase Obtained by the Solid-State Cultivation of the Thermophilic Fungus Thermomucor indicae-seudaticae N31. Applied Biochemistry and Biotechnology, v. 175, n. 2, p. 723-732, JAN 2015. Citações Web of Science: 8.
MARTINS, EDUARDO DA SILVA; RIBEIRO LEITE, RODRIGO SIMOES; DA SILVA, ROBERTO; GOMES, ELENI. Production and characterization of polygalacturonase from thermophilic Thermoascus aurantiacus on submerged fermentation. ANNALS OF MICROBIOLOGY, v. 62, n. 3, p. 1199-1205, SEP 2012. Citações Web of Science: 2.
RIBEIRO LEITE, RODRIGO SIMOES; ALVES-PRADO, HELOIZA FERREIRA; CABRAL, HAMILTON; PAGNOCCA, FERNANDO CARLOS; GOMES, ELENI; DA-SILVA, ROBERTO. Production and characteristics comparison of crude beta-glucosidases produced by microorganisms Thermoascus aurantiacus e Aureobasidium pullulans in agricultural wastes. Enzyme and Microbial Technology, v. 43, n. 6, p. 391-395, NOV 6 2008. Citações Web of Science: 65.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.