Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparação, caracterização e aplicação de sensores eletroquímicos para detecção de cobre e cromo em água

Processo: 04/04515-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Ernesto Chaves Pereira de Souza
Beneficiário:Rodrigo Maracajá Vaz de Lima
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/13745-7 - Desenvolvimento de sensores poliméricos para aplicações na agroindústria e meio ambiente, AP.TEM
Assunto(s):Eletroanalítica   Sensores eletroquímicos   Filmes finos   Íons metálicos   Propriedades elétricas   Voltametria

Resumo

Este projeto tem como objetivo a preparação, caracterização e o desenvolvimento de sensores eletroquímicos modificados para quantificação de íons de metais pesados e a resposta eletroquímica de cada um dos íons de interesse avaliada em laboratório que serão também testados em campo. A metodologia de síntese seguirá duas vias: a via química e a via eletroquímica. Para caracterização, os filmes serão depositados, em placas cobertas com FTO, filmes ultrafinos constituídos de polímeros condutores sintéticos e derivados, e/ou macromoléculas naturais como, quitosana e substâncias húmicas, que são materiais sensíveis aos íons de metais de transição, variando a concentração e pHs dos reagentes e dopantes. As composições dos sensores serão otimizadas e selecionadas de forma a se obter um padrão de resposta elétrica característico. Será experimentado o uso destas substâncias detectoras para o íon Cu(II) e para o par redox Cr(VI) / Cr(III) (ou sua forma comum a alguns corpos d'água: CrO42- / Cr2O72-) e sua eficiência comparada com outros materiais através da análise por técnicas de Voltametria Cíclica, Voltametria de pulso Diferencial e Voltametria por Redissolução Anódica. Os eletrodos obtidos serão levados para análise em campo, onde com o uso de sistemas de membranas para evitar a influência de interferentes serão medidas as concentrações dos íons 'in-situ' para validação do método. (AU)