Busca avançada
Ano de início
Entree

Operações unitárias em um qubit

Processo: 04/01228-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Gilberto Medeiros-Ribeiro
Beneficiário:Thiago Pedro Mayer Alegre
Instituição-sede: Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS). Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14757-4 - Materiais nanoestruturados investigados por microscopias de tunelamento e força atômica através de medidas de transporte, AP.JP

Resumo

A representação de um bit de informação na sua forma quântica permite que classes de problemas sejam resolvidos muito mais rapidamente do que quando representado na sua forma clássica. Um dos principais questionamentos atuais apontam para quais seriam os sistemas ideais para esta implementação. A utilização de pontos quânticos possui diversas vantagens, sendo a principal a possibilidade de se armazenar um número pequeno de elétrons nestes. Em particular, para os pontos quânticos auto-formados, ou self-assembled quantum dots (SAQDs), é possível que se carregue elétrons de maneira seqüencial e repetida. Pode-se, portanto, isolar em um ensemble de SAQDs apenas um elétron. Nestas condições, o grau de liberdade de spin passa a ser um bom bit quântico, qubit. Para a manipulação deste grau de liberdade de spin, diversas técnicas tem sido propostas, na maior parte utilizando processos de absorção ótica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Resfriamento luminoso 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.