Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade imunomoduladora do extrato da alga Chlorella vulgaris em camundongos portadores de Tumor Ascítico de Ehrlich

Processo: 04/03639-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de agosto de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Pesquisador responsável:Mary Luci de Souza Queiroz
Beneficiário:Aline Lisie Ramos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Macrófagos   Chlorella vulgaris   Hematopoese   Imunomodulação

Resumo

A Chlorella vulgaris é uma alga microscópica que tem demonstrado importantes atividades terapêuticas. Vários trabalhos do nosso laboratório e outros demonstram os efeitos protetores desta alga contra infecções virais e bacterianas, tumores, entre outros. Nestas situações, um dos aspectos mais notáveis é a maior demanda sobre o sistema hematopoético, que resulta na redução significativa do número de células precursoras para granulócitos e macrófagos (CFU-GM) na medula óssea. Neste sentido, nossos resultados demonstram que a ingestão do extrato da alga (ECV), previamente à inoculação da bactéria L. monocytogenes ou do tumor ascítico de Ehrlich em camundongos, reverte a mielossupressão induzida pela evolução da doença, além de prolongar de forma significativa a sobrevida dos animais. Outro aspecto importante para a recuperação do hospedeiro é a reversão da migração do fenótipo Th1 para o Th2 induzida pela evolução temporal destas patologias. Neste contexto, no presente trabalho, pretendemos prosseguir com estudos dos efeitos do ECV nos mecanismos envolvidos na mielossupressão induzida pela evolução do TAE. Para isso, avaliaremos a influência no microambiente medular, a capacidade funcional de linfócitos T, macrófagos e células NKea produção de citocinas (IL-2, IL-10, IL-6 e INF-gama). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAMOS, ALINE LISIE; TORELLO, CRISTIANE OKUDA; QUEIROZ, MARY L. S. Chlorella vulgaris Modulates Immunomyelopoietic Activity and Enhances the Resistance of Tumor-Bearing Mice. NUTRITION AND CANCER-AN INTERNATIONAL JOURNAL, v. 62, n. 8, p. 1170-1180, 2010. Citações Web of Science: 17.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RAMOS, Aline Lisie. Atividade imunomoduladora da alga Chlorella vulgaris em camundongos portadores de tumos ascitico de Ehrlich. 2008. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.