Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do estrogeno na expressao de acetilcolinesterase e nas vias de sinalizacao intracelular induzidas pela ativacao de receptores muscarinicos em hipocampo de ratas.

Processo: 04/03549-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2004
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Catarina Segreti Porto
Beneficiário:Renato Tavares dos Santos Pereira
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/10132-0 - Estrógeno e neurotransmissão colinérgica muscarínica: expressão de receptores, sinalização intracelular e suas interações no sistema nervoso central e no trato reprodutor masculino, AP.PRNX.TEM
Assunto(s):Sistema nervoso central   Peptídeos e proteínas de sinalização intracelular   Estrógenos   Acetilcolinesterase   Hipocampo

Resumo

Neurônios colinérgicos presentes no SNC são significativamente afetados pelas flutuações fisiológicas de estrógeno circulante e os mecanismos responsáveis por estes efeitos não estão esclarecidos. Dados recentes mostraram que a ovariectomia de ratas diminui a atividade da acetilcolinesterase em diferentes áreas do SNC, sendo parcial ou totalmente revertido após reposição estrogênica. Os efeitos centrais do estrógeno podem também envolver a modulação de receptores de membrana, uma vez que foram mostradas a co-localização e a interação dos receptores de estrógenos (RE-alpha e RE- beta) com receptores muscarínicos (mAChRs) e/ou nicotínicos em diversas áreas cerebrais, incluindo o hipocampo. Estudos de nosso laboratório mostraram que a ovariectomia aumenta o número de mAChRs presentes no hipocampo,, efeito revertido pelo estradiol. Além disso, estes resultados mostraram que o tratamento com estradiol deve ser iniciado dentro de um período específico, após a perda da função ovariana, para ser efetivo na prevenção de efeitos decorrentes da deprivação hormonal. O exato mecanismo pelo qual a ovariectomia influencia os mAChRs do hipocampo de rato não foi ainda esclarecido, podendo envolver tanto vias pré- como pós-sinápticas. Desta forma, o objetivo deste estudo é investigar o papel do estrógeno na atividade da enzima acetilcolinesterase e nas vias de sinalização intracelular (fosfato de inositol total e AMP cíclico) induzidas pela ativação de mAChRs no hipocampo de ratas. (AU)