Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo molecular de proteínas moduladoras da polimerização da FtsZ e seu papel no controle da divisão celular bacteriana

Processo: 03/04525-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de julho de 2003
Vigência (Término): 19 de outubro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Frederico José Gueiros Filho
Beneficiário:Frederico José Gueiros Filho
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/10616-4 - Estudo molecular de proteínas moduladoras da polimerização da FtsZ e seu papel no controle da divisão celular bacteriana, AP.JP
Assunto(s):Polimerização   Divisão celular   Genomas   Proteoma   Bacillus subtilis

Resumo

A etapa chave da formação do septo de divisão em bactérias é a polimerização da proteína FtsZ na estrutura chamada anel Z. Para melhor compreender o controle espaço-temporal da divisão bacteriana, propõe-se a identificação de proteínas capazes de modular a polimerização da FtsZ em anel Z e o estudo molecular detalhado destas proteínas moduladoras na bactéria modelo Bacillus subtilis. Para a identificação de proteínas moduladoras da FtsZ, propõe-se a adoção de quatro abordagens baseadas em estratégias genéticas, bioquímicas e de duplo-híbrido independentes. Espera-se que o u so de abordagens diversas e complementares permita a amostragem exaustiva destes fatores no genoma/proteoma de B. subtils. Já o estudo molecular das proteínas moduladoras será iniciado com ZapA, um modulador já conhecido, e incluirá a investigação da relação estrutura-função da proteína através de mutação sítio-dirigida e o uso de uma abordagem citológica, baseada em fusões entre ZapA e GFP, para determinar se sua expressão e atividade são reguladas durante o ciclo celular. Estudos moleculares semelhantes serão então realizados para os novos moduladores que venham a ser identificados. Além do conhecimento básico gerado, espera-se que a identificação e caracterização de novos moduladores da FtsZ também possa criar oportunidades para o desenvolvimento de novos antibióticos. (AU)