Busca avançada
Ano de início
Entree

Espécies sentinelas: consequências epidemiológicas da fragmentação florestal em populações de animais domésticos e silvestres na Mata Atlântica do Pontal do Paranapanema, São Paulo

Processo: 04/07921-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Fernando Ferreira
Beneficiário:Alessandra Ferreira Dales Nava
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Doenças transmissíveis   Fragmentos florestais   Políticas públicas   Epidemiologia

Resumo

O papel das doenças, como um importante fator econômico e de sobrevivência das espécies, esteve sempre atrelado às mudanças antrópicas em diversas escalas, com impactos na saúde animal. Entre essas mudanças está a fragmentação dos habitats, o isolamento de populações e o aumento da proximidade entre animais domésticos e silvestres. O conceito de espécies sentinelas - aquelas que por refletir as perturbações do meio ambiente podem servir de indicadores da conservação do ecossistema - está cada vez mais sendo utilizado na união entre a medicina veterinária e a biologia da conservação. São emergenciais levantamentos que utilizem espécies sentinelas ajudando esclarecer aspectos ecológicos e sanitários dessas populações, os quais contribuirão no entendimento da dinâmica de paisagens fragmentadas, e na transmissão bidirecional de doenças infecciosas entre animais domésticos e silvestres. Este estudo terá como objetivo principal a detecção da prevalência de doenças infecto contagiosas de interesse econômico e zoonótico em animais domésticos, como também ungulados e felinos silvestres no monitoramento da saúde animal na região do Pontal do Paranapanema. Os resultados propiciarão melhor entendimento da dinâmica de doenças infecto contagiosas na população silvestre e o impacto que possam causar nos animais. Essas informações poderão influenciar políticas públicas para o planejamento de estratégias profiláticas para manter condições ideais de saúde no estoque animal doméstico da região. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.