Busca avançada
Ano de início
Entree

Borboletas da Mata Atlântica: biogeografia e sistemática como ferramentas de conservação de biodiversidade

Processo: 04/09707-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de outubro de 2004
Vigência (Término): 30 de junho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:André Victor Lucci Freitas
Beneficiário:André Victor Lucci Freitas
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/05269-9 - Borboletas da Mata Atlântica: biogeografia e sistemática como ferramentas de conservação de biodiversidade, AP.JP
Assunto(s):Biogeografia   Borboletas   Conservação (comportamento ecológico)   Classificação

Resumo

O projeto propõe quatro linhas de pesquisa com borboletas da Mata Atlântica: biogeografia (distribuição espacial de espécies ao longo dos gradientes de habitat), uso de recursos (variação geográfica nas relações tróficas de grupos de borboletas), sistemática fitogenética (elaboração de hipóteses filogenéticas para borboletas) e conservação (indicadores ambientais e seu uso para monitoramento). O objetivo do projeto é articular estas quatro linhas de modo a produzir um corpo sólido de informações sobre seis grupos de borboletas na Mata Atlântica (com ênfase no Estado de São Paulo, com informação substancial já obtida em projetos precedentes), Ithomiinae, Biblidinae, Satyrinae, Acraeini, Melitaeini (Nymphalidae) e Troidini (Papilionidae). Além da relevância acadêmica, os resultados deverão subsidiar ações de conservação dos remanescentes de habitats e das espécies de borboletas neste sistema, que é um dos mais ameaçados do país. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)