Busca avançada
Ano de início
Entree

Representações sociais da violência e da segurança na Cidade de São Paulo: um percurso etnográfico

Processo: 04/06622-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2004
Vigência (Término): 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:Maria Filomena Gregori
Beneficiário:Ana Paula Galdeano Cruz
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Políticas públicas   Representações sociais   Violência

Resumo

Sob o paradoxo estabelecido entre autoritarismo/democracia, política militarizada/ política de direitos, o objeto da pesquisa compreende as representações sociais que a diversidade de atores - do Estado e da sociedade civil - fazem da violência, do crime, do medo, bem como das expectativas em relação a um modelo adequado de políticas preventivas a ser implementado. A pesquisa pretende investigar as opiniões que informam as percepções dos diferentes atores que freqüentam o espaço dos Conselhos Comunitários de Segurança, bem como de moradores não vinculados a esses espaços, em dois bairros da cidade de São Paulo: um bairro de periferia e um de elite. O trabalho etnográfico, pouco utilizado nos estudos sobre o tema, bem como as entrevistas em profundidade, serão utilizados para pensar, por um lado, as representações sociais dos moradores - à luz de suas memórias sobre os bairros e suas trajetórias de vida - e, por outro, as representações dos conselheiros do Estado - à luz de suas memórias sobre as instituições responsáveis pelo combate e prevenção à violência, e de suas trajetórias profissionais no interior dessas instituições. (AU)