Busca avançada
Ano de início
Entree

Tafonomia como ferramenta interpretativa: elucidação de viés deposicional faunístico em sítios arqueológicos, a partir de comparações com sítios paleontológico e etnográfico

Processo: 04/11484-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2006
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia
Pesquisador responsável:Walter Alves Neves
Beneficiário:Marcos César Bissaro Júnior
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/01321-6 - Origens e microevolução do homem na América: uma abordagem paleoantropológica (III), AP.TEM
Assunto(s):Tafonomia   Sítios arqueológicos   Densidade óssea   Zooarqueologia

Resumo

Inserido no do projeto temático "Origens e micro-evolução do homem na América: uma abordagem paleoantropotógica, IIP (FAPESP Proc. 04/01321-6) este estudo visa à compreensão do registro faunístico arqueológico da região de Lagoa Santa, a fim de compreender as estratégias de subsistência, especificamente de caça, das sociedades forrageiras de Lagoa Santa. Para melhor entendimento do registro arqueológico, no que tange a estudos faunísticos, alguns processos tafonômicos que alteram os remanescentes ósseos devem ser reconhecidos e entendidos a fim de minimizar possíveis erros interpretativos. Agentes humanos e agentes naturais são os dois vetores que alteram um elemento qualquer em um contexto arqueológico. A partir de uma coleção paleontológica e uma coleção etnográfica, nos quais apenas um dos processos acima citados está agindo (em contexto paleontológico, apenas agentes naturais e em contexto etnográfico, apenas agentes humanos), levantaremos dados para aplicação em contextos arqueológicos. Para isto, caracterizaremos as coleções quanto à identificação de espécies, parte anatômica, número de elementos representados (NISP), número mínimo de indivíduos (MNI), grau de fragmentação, grau de queima, marcas de corte, e alterações naturais físicas e químicas. Como ferramentas analíticas para tratamento dos dados levantados, utilizaremos dados de densidade óssea e índices de utilidade. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARCOS CÉSAR BISSARO JUNIOR. Tafonomia como ferramenta zooarqueológica de interpretação: viés de representatividade óssea em sítios arqueológicos, paleontológico e etnográfico. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.