Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de espécimes de fratura SE(T) e sua aplicação na avaliação de defeitos planares em dutos de tranporte de gás e petróleo

Processo: 04/07150-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2004
Vigência (Término): 30 de setembro de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Naval e Oceânica - Estruturas Navais e Oceânicas
Pesquisador responsável:Claudio Ruggieri
Beneficiário:Sebastian Cravero
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/02735-6 - Metodologia micromecânica e experimental para análise de defeitos e avaliação de integridade estrutural em dutos para transporte de gás e petróleo, AP.TEM
Assunto(s):Mecânica da fratura

Resumo

Este plano de pesquisa apresenta uma proposta de desenvolvimento de espécimes SE(T) para a correlação desta geometria com dutos contendo trincas axiais usando computações não lineares em modelos numéricos 3D. Os objetivos principais deste plano são obter um conhecimento amplo sobre, este tipo de corpos de prova (equações de compliance, restrição plástica e crescimento estável da trinca, etc.) e analisar a aplicação potencial deste espécime para avaliação de defeitos em dutos e vasos de pressão. O presente plano propõe: 1) a aplicação da metodologia J-Q para caracterizar os efeitos de triaxialidade no comportamento à fratura dos espécimes e dutos a serem analisados em contexto 3D; 2) execução de análises elásto-plásticas 3D para a determinação das equações de flexibilidade no descarregamento de espécimes SE(T) e 3) Uso do modelo de células computacionais para o estudo do crescimento estável de trinca em espécimes SE(T) e comparação com o crescimento de defeitos em dutos. Quando submetidas a carregamento crescente, cada configuração trincada segue uma trajetória J-Q característica que, no presente contexto, permite a comparação da curva de força motriz. Além disto as análises de crescimento estável da trinca com o modelo de células computacionais permitem avaliar a resistência à fratura com propagação do defeito. Os estudos preliminares fornecem um forte suporte para o uso de espécimes SE(T) em procedimentos de avaliação de defeitos em dutos e vasos de pressão. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CRAVERO, Sebastian. Desenvolvimento de procedimentos para avaliação de curvas J-R em espécimes à fratura SE(T) utilizando o método de flexibilidade.. 2007. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.