Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao da qualidade virologica de lodos e de composto organico originarios de estacoes de tratamento de efluentes.

Processo: 04/11282-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Dolores Ursula Mehnert
Beneficiário:Karina Medici Barrella
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Compostagem   Lodo

Resumo

O aumento no número de Estações de Tratamento de Efluentes Domésticos, bem como do número de conexões de rede de esgoto leva a uma crescente preocupação sobre tratamento e disposição do lodo gerado. Uma das alternativas é à disposição desse material para a agricultura. Entretanto, o lodo contém diversos patógenos, dentre os quais destacam-se os vírus entéricos humanos, responsáveis pela maioria de gastrenterites e diarréias não bacterianas, meningites, entre outras doenças. Os vírus podem permanecer infecciosos durante o tratamento do lodo e, caso sejam dispostos no solo podem vir a representar um risco à Saúde Pública. O presente estudo tem por objetivo o desenvolvimento de uma metodologia simplificada e rápida para processamento das amostras, seguida de detecção por métodos tradicionais e moleculares visando avaliar a qualidade virológica do lodo e do composto orgânico gerado em ETE. Um total de 100 amostras de efluente bruto, 100 de lodo serão colhidas nas ETEs Tatu (Limeira, SP) e ABC (São Paulo, SP), semanalmente, durante um ano hidrológico. As amostras de composto serão coletadas após 20, 45 e 120 dias após a construção das leiras. As amostras serão processadas para concentração viral e a detecção dos será realizada por meio de técnicas moleculares como PCR, RT-PCR e Real-Time PCR. Ensaios de infectividade viral serão realizados em culturas celulares. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BARRELLA, Karina Medici. Pesquisa de vírus entéricos humanos em lodos de esgoto originários de duas ETEs do Estado de São Paulo: estabelecimento e avaliação de metodologia para recuperação e detecção viral.. 2008. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.