Busca avançada
Ano de início
Entree

Arte e temporalidade

Processo: 04/11506-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia
Pesquisador responsável:Franklin Leopoldo e Silva
Beneficiário:Bernardete Oliveira Marantes
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

A peça musical "Sonata de Vinteuil" criada por Mareei Proust em sua obra maior "Em busca do tempo perdido" é o paradigma da obra de arte perfeita, ou seja, a obra-prima. E esse objeto que visamos investigar - a obra de arte plena - está intrinsecamente relacionado com o tempo. O tempo e seus desdobramentos na Recherche levam-nos a uma reflexão filosófica que visa perscrutar as relações estabelecidas entre a obra-prima - a peça musical proustiana - e a reflexão do filósofo Henri Bergson relativa ao tempo (a durée) e à música, Bergson prescinde do kantismo para pensar a temporalidade e a arte musical em suas reflexões assume um papel modelar e fundamental para aproximarmo-nos de sua filosofia e de sua noção de tempo. A percepção dos sentimentos estéticos, a mobilidade, a duração - elementos da filosofia bergsoniana - intensificam-se na análise das impressões, da metáfora, das memórias voluntária e involuntária da linguagem literária proustiana. A reflexão temporal apartada do espaço e o ideal artístico alcançado em "Sonata de Vinteuil"; a saber, a teoria filosófica e a obra romanesca, revela-nos que cada qual, inserida em seu próprio domínio, percebe o tempo em busca da realidade; ou seja, realidade criada - obra ficcional - e, a realidade medrada pela reflexão - a obra filosófica - buscam por meios distintos traduzir o real. Advém dai uma tensão que expressa-se e revela-se na percepção da consciência da temporalidade; primeiro do ser e, no caso particular desta investigação, da obra de arte como expressão do sempiterno. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARANTES, Bernardete Oliveira. Proust: sobre a obra e a música: reflexões sobre arte, temporalidade e memória. 2007. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.