Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfologia, uso do ambiente e dieta de espécies de chironius (serpentes: Colubridae) simpátricas da Mata Atlântica do Sudeste do Brasil

Processo: 04/12135-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Otavio Augusto Vuolo Marques
Beneficiário:Murilo Guimarães Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/12339-2 - História natural, ecologia e evolução de vertebrados brasileiros, AP.TEM
Assunto(s):Hábito alimentar animal   Dieta animal   Substratos   Serpentes   Mata Atlântica   Árvores florestais   Conservação biológica

Resumo

O ambiente utilizado por uma serpente parece exercer forte pressão sobre a evolução da forma de seu corpo. Existem diversas síndromes morfológicas relacionadas aos substratos utilizados pelas serpentes. Características como olhos grandes, cabeça estreita, corpo delgado e achatado lateralmente, cauda alongada, escamas ventrais e vertebrais alargadas geralmente estão presentes em serpentes arborícolas. As serpentes do gênero Chironius possuem distribuição neotropical, são diurnas e usualmente classificadas como arborícolas. Cinco espécies estão presentes na Mata Atlântica, em simpatria. Informações prévias sugerem que essas espécies diferem na dieta e freqüência em que utilizam os substratos arbóreos e do chão da mata. Este projeto pretende caracterizar a morfologia, dieta e o uso de substrato das cinco espécies com objetivo de reconhecer o modo como cada uma explora os recursos disponíveis no ambiente. Serão usados animais de coleções científicas para a caracterização morfológica (e.g. tamanho do olho, robustez, tamanho relativo da cauda) e para a análise de conteúdos alimentares. Os dados morfológicos e de dieta serão correlacionados na tentativa de identificar a utilização do substrato pelas serpentes. Além disso, serão levantadas todas informações sobre uso de substrato para cada uma das espécies. As serpentes de Chironius são particularmente sensíveis a alterações de hábitat, portanto o conhecimento detalhado de sua ecologia será importante para preservação dessas espécies e do ambiente em que vivem. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
Ecomorfologia e uso de recursos das espécies de Chironius (Serpentes, Colubridae) na Serra do Mar. 2007. 76 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.