Busca avançada
Ano de início
Entree

Espectroscopia de fotoeletrons (xps) no estudo de filmes passivos sobre acos inoxidaveis envelhecidos em baixas temperaturas.

Processo: 04/12254-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Sebastião Elias Kuri
Beneficiário:Fabricio Simão dos Santos
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Corrosão   Aço inoxidável duplex

Resumo

A utilização do aço inoxidável dúplex tem-se destacado em relação aos outros tipos de aços inoxidáveis, devido ao seu bom comportamento mecânico e resistência à corrosão. Entretanto, quando o aço inoxidável dúplex é envelhecido em baixas temperaturas (em torno de 300°C), ocorre uma significativa degradação de suas propriedades mecânicas e de sua resistência à corrosão, devido à precipitação de fases, em geral, ricas em cromo, gerando regiões empobrecidas nesse elemento. No caso de ligas Fe-Cr-Ni, especialmente os aços inoxidáveis dúplex, é obtido um estado passivo devido à formação de filmes de óxidos superficiais. Espectroscopia de elétrons tem sido usada desde a década de 1970 para estudar a composição e a espessura de filmes passivos. Entre os métodos ex situ utilizados, está a espectroscopia de fotoelétrons -XPS. Na literatura, são poucas as informações relacionadas com a influência dos tratamentos térmicos de envelhecimento na composição do filme passivo sobre aços inoxidáveis dúplex. A proposta desse projeto é avaliar como varia a composição do filme passivo com o tratamento de envelhecimento prolongado a 300ºC e qual o reflexo da alteração da composição do filme na resistência à corrosão. (AU)