Busca avançada
Ano de início
Entree

Processo integrado para depuração da vinhaça: tratamento físico-químico e degradação anaeróbia em reator de leito fluidificado

Processo: 04/11879-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2005
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Edson Luiz Silva
Beneficiário:Fabiana Rodrigues Martinelli
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Reatores de leito fluidificado   Tratamento biológico anaeróbio   Vinhaça

Resumo

A indústria alcooleira caracteriza-se pela produção de uma grande quantidade de resíduos, dos quais alguns, mais recentemente, ganharam o "status" de subprodutos, tais como bagaço, a torta de filtro e a vinhaça. O grande problema da agroindústria canavieira é que para cada litro de combustível temos de 10 a 15 litros de vinhaça efluente da coluna de destilação, que, pelo seu baixo pH e sua elevada DQO (demanda química de oxigênio), se encontra entre os rejeitos industriais de maior potencial poluidor. Embora existam estudos sobre tratamento de efluentes líquidos da indústria sucroalcooleira, no que se refere a tratamentos da vinhaça, ainda são poucos os trabalhos realizados e apresentados na literatura, sendo, portanto, um campo que ainda precisa ser explorado. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo principal desenvolver um processo híbrido para o tratamento de vinhaça via combinação de técnicas físico-química e biológica. A etapa físico-química através da coagulação, floculação e sedimentação visa à obtenção de um lodo que possa ser lançado ao solo agrícola conferindo-lhe reais benefícios, com redução significativa da DQO do sobrenadante, permitindo um aumento da biodegradabilidade da vinhaça. A etapa biológica através de reator anaeróbio de leito fluidificado visa a melhoria da qualidade do efluente gerado e a remoção de contaminantes. (AU)