Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamento e caracterização de células-tronco caninas de cordão umbilical para uso potencial em transplantes de cães distróficos

Processo: 04/14842-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2005
Vigência (Término): 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Mayana Zatz
Beneficiário:Eder Zucconi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/11151-0 - As doenças genéticas contribuindo para a compreensão do funcionamento gênico, AP.TEM
Assunto(s):Transplante de células-tronco de sangue do cordão umbilical   Células-tronco   Cães   Distrofia muscular animal   Distrofia muscular de Duchenne   Modelos animais de doenças

Resumo

A Distrofia Muscular de Duchenne (PMP) é a forma mais comum e grave de Distrofia Muscular Progressiva (DMP). Esta doença possui herança recessiva ligada ao X e é caracterizada pela ausência de distrofina na membrana das fibras musculares. A DMD afeta 1/3.000 meninos nascidos vivos, sendo que a maioria dos pacientes são confinados a uma cadeira de rodas até os 12 anos de idade e a sobre vida além dos 20 é incomum. Atualmente existem técnicas de diagnóstico muito bem estabelecidas para a DMD, porém nenhum tratamento efetivo ainda foi desenvolvido para esta doença. Este fato justifica a grande necessidade de estudos nesta área. Embora grandes esforços tenham sido realizados para a utilização de células-tronco no tratamento de distrofias musculares, pouco progresso foi alcançado na caracterização de células capazes regenerar o tecido muscular em quantidades clinicamente relevantes. Deste modo, este projeto de pesquisa visa caracterizar diferentes populações de células-tronco provenientes de cordão umbilical capazes de se diferenciar em músculo e restaurar a expressão de distrofina in vitro e in vivo. Para tanto, utilizaremos como modelo cães da raça Golden Retriever portadores de distrofia muscular (GRMD - Golden Retriever Muscular Dystrophy), uma vez que estes cães apresentam um quadro clínico muito semelhante com a patologia clínica humana. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZUCCONI, Eder. Isolamento e caracterização de células-tronco caninas do cordão umbilical para uso potencial em transplantes de cães distróficos. 2009. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.