Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação da sensibilidade ao IGF-1 de fibroblastos de crianças nascidas pequenas para a idade gestacional

Processo: 05/50144-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2005
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Alexander Augusto de Lima Jorge
Beneficiário:Luciana Ribeiro Montenegro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fibroblastos

Resumo

Crianças nascidas pequenas para a idade gestacional (PIG) apresentam maior risco de permanecerem com baixa estatura na vida adulta além de maior probabilidade de desenvolverem doenças metabólicas e cardiovasculares. Os fatores de crescimento insulino-símile, IGF-1 e IGF-2 são os principais fatores endócrinos determinante do crescimento fetal e a maior parte de suas ações são mediadas pelo receptor tipo 1(IGF1R) um receptor tirosina-kinase com estrutura semelhante ao receptor de insulina. A resistência aos IGFs têm sido proposta para explicar o fenótipo de crianças nascidas PIG. Mutações no IGF-1 R são raras e assim como na resistência a insulina, a resistência aos IGFs pode ser causada por defeitos nas vias de sinalização intracelular do IGF-1. Nosso objetivo é estudar a sensibilidade ao IGF-1 de fibroblastos em cultura obtidos de crianças PIG que não recuperaram o crescimento até os 4 anos de idade e que apresentam concentrações séricas de iGF-1 e IGFPB3 superiores ao valor de referência para a idade e sexo. A sensibilidade ao IGF-1 in vitro será avaliada em fibroblastos obtidos por biópsia de pele dos pacientes selecionados utilizando abordagens que avaliam 3 aspectos distintos da ação desse hormônio: a) estudo do efeito proliferativo por ensaio colorimétrico; b) análise da produção de IGFPB3 em meio de cultura; c) estudo da transdução do sinal de proteínas importantes na cascata de sinalização do IGF-1 através da quantificação da fosforilação de IRS-1(ativada por IGF-1R), AKT (via metabólica) e ERK (via proliferativa). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRAZ, ADRIANA F.; COSTALONGA, EVERLAYNY F.; MONTENEGRO, LUCIANA R.; TRARBACH, ERICKA B.; ANTONINI, SONIR R. R.; MALAQUIAS, ALEXSANDRA C.; RAMOS, ESTER S.; MENDONCA, BERENICE B.; ARNHOLD, IVO J. P.; JORGE, ALEXANDER A. L. The Interactive Effect of GHR-Exon 3 and -202 A/C IGFBP3 Polymorphisms on rhGH Responsiveness and Treatment Outcomes in Patients with Turner Syndrome. JOURNAL OF CLINICAL ENDOCRINOLOGY & METABOLISM, v. 97, n. 4, p. E671-E677, APR 2012. Citações Web of Science: 9.
MONTENEGRO, LUCIANA R.; LEAL, ANDREA C.; COUTINHO, DEBORA C.; VALASSI, HELENA P. L.; NISHI, MIRIAN Y.; PARNHOLD, IVO J.; MENDONCA, BERENICE B.; JORGE, ALEXANDER A. L. Post-receptor IGF1 insensitivity restricted to the MAPK pathway in a Silver-Russell syndrome patient with hypomethylation at the imprinting control region on chromosome 11. EUROPEAN JOURNAL OF ENDOCRINOLOGY, v. 166, n. 3, p. 543-550, MAR 2012. Citações Web of Science: 7.
FERREIRA, LIZE V.; SOUZA, SILVIA C. A. L.; MONTENEGRO, LUCIANA R.; MALAQUIAS, ALEXSANDRA C.; ARNHOLD, IVO J. P.; MENDONCA, BERENICE B.; JORGE, ALEXANDER A. L. Analysis of the PTPN11 gene in idiopathic short stature children and Noonan syndrome patients. Clinical Endocrinology, v. 69, n. 3, p. 426-431, Sept. 2008. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MONTENEGRO, Luciana Ribeiro. Estudo in vitro da sensibilidade ao IGF-1 de fibroblastos de crianças nascidas pequenas para a idade gestacional sem recuperação estatural pós-natal. 2009. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.