Busca avançada
Ano de início
Entree

Soluções além do modelo padrão para enigma dos raios cósmicos de altíssimas energias

Processo: 04/13686-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Ivone Freire da Mota e Albuquerque
Beneficiário:Washington Rodrigues de Carvalho Junior
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Raios cósmicos   Astrofísica de partículas   Física além do modelo padrão

Resumo

Neste doutorado investigaremos raios cósmicos com energias acima de 5 E19 eV (UHECR). A energia destes eventos ultrapassa o limite previsto para o espectro energético dos raios cósmicos e com isso configura um dos enigmas contemporâneos da física de partículas. Este enigma pode ser resumido em três perguntas: Qual a composição destes raios? Como são gerados? e Onde se localiza a sua fonte? Temos como meta investigar a composição destes raios, partindo do pressuposto de que são constituídos por partículas exóticas, propostas em modelos além do Modelo Padrão de física de partículas. Estas podem solucionar este enigma, entre outros motivos, por perderem menos energia que partículas normais ao atravessarem o Fundo de Microondas Cósmicos (CMB). Através de simulações da interação das partículas exóticas ou dos produtos originados no decaimento destas, tanto com o CMB como com a atmosfera, determinaremos métodos para a detecção destas no Observatório Pierre Auger. Em seguida, analisaremos dados coletados neste observatório, em busca dos sinais que previmos nas simulações. Como resultado distinguiremos classes de partículas exóticas que podem compor os UHECR. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JUNIOR, Washington Rodrigues de Carvalho. Detecção de chuveiros atmosféricos iniciados por hádrons massivos. 2008. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.