Busca avançada
Ano de início
Entree

A formação das representações sobre a cidade colonial no Brasil

Processo: 05/51462-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Monteiro de Andrade
Beneficiário:George Alexandre Ferreira Dantas
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Historiografia   História urbana   Período Colonial (1500-1822)   Urbanismo   Urbanização   Planejamento territorial urbano   Modernização   Cidades   Brasil

Resumo

A crítica da cidade colonial foi um dos principais temas nas discussões e justificativas para as reformas e melhoramentos por que passaram muitas cidades na virada para o século XX, formulada por diversos profissionais que atuaram nas cidades, mas também como objeto dos textos de caráter historiográfico. Desde aquelas mais importantes nos dois primeiros séculos de colonização, como o Rio de Janeiro, Salvador e Recife, até as que pouca relevância tinham na incipiente rede urbana do período colonial, como Natal, a crítica repetiu-se, homogeneamente à primeira vista, nas várias cidades em transformação, independente das particularidades das estruturas urbanas e da (ir)regularidade dos seus traçados. Para além da questão sobre a existência ou não de planejamento por parte do colonizador português, o projeto de pesquisa ora apresentado propõe discutir como se formaram as representações sobre a cidade colonial no Brasil. Nas trilhas dessa imagem construída amiúde em negativo, objetiva-se abordar essa problemática a partir da análise das bases formativas e das diferentes matrizes do pensamento que informaram e influenciaram a construção historiográfica sobre a cidade do período colonial no Brasil, privilegiando o discurso (e as ações) dos profissionais envolvidos diretamente com o processo de modernização urbana levado a cabo no Brasil desde o último quartel do século XIX. Pretende-se assim contribuir para a compreensão de uma das representações mais recorrentes na historiografia sobre a América Latina. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DANTAS, George Alexandre Ferreira. A formação das representações sobre a cidade colonial no Brasil. 2009. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.