Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de mecanismos mediados por aminoácidos excitatórios e GABA do hipotálamo medial no medo condicionado de ratos submetidos ratos submetidos ao teste do sobressalto potencializado pelo medo

Processo: 05/51007-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Marcus Lira Brandão
Beneficiário:Julia Maria dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Medo   GABA   Congelamento   Glutamatos   Ansiedade

Resumo

O hipotálamo medial (HM) tem sido apontado como uma das estruturas envolvidas na manifestação de comportamentos defensivos em mamíferos. Neste particular, destacam-se os núcleos dorsomedial (HDM), ventromedial em sua porção dorsomedial (HVMdm) e pré-mamilar dorsal (PMd). As evidências nessa direção foram obtidas a partir de estudos baseados em modelos animais de medo incondicionado como exposição a predadores, estimulação elétrica e/ou química de núcleos hipotalâmicos. Junto com a substância cinzenta periaquedutal dorsal (SCPd) e a amígdala, o hipotálamo constitui o chamado sistema encefálico aversivo. Sabe-se que o GABA possui papel tônico inibitório sobre os substratos neurais de medo. Nestas estruturas, várias evidências apontam para um envolvimento diferencial dos aminoácidos excitatórios (AAE) na reação de defesa. Quando injetados na SCPd, os AAE mimetizam os efeitos da estimulação elétrica, entretanto estudos de medo incondicionado indicam que os efeitos da injeção de AAE no HM não são pronunciados como na SCPd, por outro lado, ainda não está claro o papel do HM no medo condicionado. O objetivo desse estudo é verificar o envolvimento dos núcleos hipotalâmicos - HDM, HVMdm, PMd - na organização do medo condicionado. Para isso, serão realizadas manipulações farmacológicas do sistema gabaérgico e glutamatérgico nesses núcleos e avaliadas as respostas de congelamento e de sobressalto potencializado pelo medo. (AU)