Busca avançada
Ano de início
Entree

Biologia reprodutiva de Loligo plei Blainville, 1823 (Cephalopoda: Loliginidae): anatomia descritiva e funcional dos sistemas reprodutores masculino e feminino e evidências histológicas

Processo: 04/13212-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes
Beneficiário:José Eduardo Amoroso Rodriguez Marian
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cephalopoda   Reprodução animal

Resumo

O presente projeto de pesquisa visa analisar as funções das estruturas componentes dos sistemas reprodutores masculino e feminino de Loligo plei, buscando preencher lacunas importantes apontadas na literatura como essenciais para o entendimento dos processos envolvidos na reprodução desse importante recurso pesqueiro, econômico e social para a região sudeste-sul do Brasil. Espécimes vivos serão coletados em São Sebastião/SP e analisados in vivo, com ênfase na anatomia funcional das glândulas envolvidas na produção das cápsulas dos ovos, nas fêmeas, e das glândulas responsáveis pela formação dos espermatóforos, nos machos. Estruturas consideradas estratégicas para esse entendimento serão analisadas em detalhes quanto à morfologia geral e microscópica, com emprego de histologia, histoquímica e MEV. Serão descritas e ilustradas as diferentes fases da "reação espermatofórica", complexo processo de evaginação da massa espermática do espermatóforo. A morfologia macroscópica dos sistemas reprodutores masculino e feminino será descrita com base em exemplares fixados oriundos de coleções zoológicas do MZUSP e do Projeto "Bentos Marinho" (BIOTA/FAPESP) e complementada com observação dos espécimes capturados vivos. A análise da histologia do ovário de fêmeas sexualmente maduras permitirá determinar o padrão de postura de ovos apresentado pela espécie, sendo essa informação relevante para o correto cálculo de fecundidade, indispensável para obtenção da estimativa de biomassa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMOROSO RODRIGUEZ MARIAN, JOSE EDUARDO. Evolution of spermatophore transfer mechanisms in cephalopods. Journal of Natural History, v. 49, n. 21-24, SI, p. 1423-1455, . (13/02653-1, 12/14140-6, 04/13212-7)
JOSÉ EDUARDO AMOROSO RODRIGUEZ MARIAN. O enigma da "reação espermatofórica": breve síntese do conhecimento sobre a estrutura e o funcionamento dos espermatóforos dos cefalópodes (Mollusca: Cephalopoda). Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), v. 51, n. 13, p. 207-219, . (04/13212-7)
MARIAN, JOSE EDUARDO A. R.. PERFORATING POTENTIAL OF LOLIGINID SPERMATOPHORES. Journal of Molluscan Studies, v. 77, n. 1, p. 98-100, . (04/13212-7)
COELHO, LEANDRO INOE; MUTO, ELIZABETI YURIKO; MARIAN, JOSÉ EDUARDO AMOROSO RODRIGUEZ; SOARES, LUCY SATIKO HASHIMOTO. Contribuição ao conhecimento da dieta, atividade alimentar e reprodução de Lolliguncula brevis (Blainville, 1823) na região costeira de Santos (estado de São Paulo). Boletim do Instituto de Pesca, v. 36, n. 3, p. 225-236, . (03/09932-1, 04/13212-7)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARIAN, José Eduardo Amoroso Rodriguez. Estrutura e funcionamento dos espermatóforos de Doryteuthis plei (Mollusca: Cephalopoda) e reavaliação da reação espermatofórica dos cefalópodes. 2010. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências (IBIOC/SB) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.