Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre a atividade de vôo dos componentes das colônias de abelhas eussociais e o desenvolvimento de musculatura do vôo: estudo ultra-estrutural e citoquímico

Processo: 04/15023-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Carminda da Cruz-Landim
Beneficiário:Fernanda Corrêa Fernandez
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil

Resumo

As colônias das abelhas eussociais são constituídas por três classes de indivíduos adultos com funções diferentes nas colônias, baseadas em diferenças fisiológicas, morfológicas e comportamentais. Uma dessas diferenças é a atividade de vôo de cada uma dessas classes e a cronologia com que essa atividade é realizada. As rainhas voam principalmente enquanto jovens, virgens, ou seja, enquanto tem 6 a 8 dias de vida adulta. Os machos depois de atingirem a maturidade social, com cerca de 15 dias de vida adulta e as operárias somente quando passam a realizar tarefas fora do ninho, com aproximadamente 25 dias. Neste trabalho pretende-se investigar se o desenvolvimento da musculatura do vôo apresenta características relacionáveis a estas diferenças histológico-comportamental, através da ultra-estrutura. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDEZ-WINCKLER, FERNANDA; DA CRUZ-LANDIM, CARMINDA. A morphological view of the relationship between indirect flight muscle maturation and the flying needs of two species of advanced eusocial bees. Micron, v. 39, n. 8, p. 1235-1242, DEC 2008. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.