Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de reconstrução paleoambiental (vegetação e clima) no quaternário tardio, no litoral sul do Estado de São Paulo, utilizando os isótopos do carbono dos solos e das plantas e a palinologia..

Processo: 04/00978-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2004
Vigência (Término): 31 de maio de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Ruiz Pessenda
Beneficiário:Elaine Vidotto
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Palinologia   Antracologia

Resumo

A maioria dos trabalhos de palinologia em manguezais foi realizada na região Indo-Pacífica (inda, Polinésia e Norte da Austrália), de modo que pouco se sabe sobre registros palinológicos deste ecossistema na região do Atlântico Sul. Os trabalhos realizados na costa brasileira são restritos a poucas áreas, tendo em vista a ampla distribuição de bosques de mangue ao longo do extenso litoral brasileiro. Estudos de reconstrução paleoambiental (vegetação e clima) vêm sendo desenvolvidos nas regiões Amazônica, Central, Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil. Objetiva-se com este projeto intensificar estes estudos na região Sudeste empregando-se os isótopos do carbono da matéria orgânica do solo (MOS) e plantas e a palinologia em solos de manguezal. Neste contexto pretende-se contribuir para o conhecimento da evolução deste tipo de ecossistema, através da análise palinológica de testemunhos coletados em solos do manguezal da Ilha do Cardoso, litoral sul de São Paulo. Para reforçar os estudos paleoambientais realizados até o momento na região Sudeste e o aspecto multi e interdisciplinar deste projeto, pretende-se desenvolver estudos comparativos envolvendo registros isotópicos da MOS e plantas coletadas na restinga com o registro palinológico obtido nos solos coletados do mangue e também com suas datações C-14. Serão coletados, se encontrados, fragmentos de carvão, para em conjunto com a humina, estabelecer a cronologia de prováveis mudanças vegetacionais e climáticas ocorridas na região nos últimos 20.000 anos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RUIZ PESSENDA, LUIZ CARLOS; VIDOTTO, ELAINE; DE OLIVEIRA, PAULO EDUARDO; BUSO, JR., ANTONIO ALVARO; LISBOA COHEN, MARCELO CANCELA; ROSSETTI, DILCE DE FATIMA; RICARDI-BRANCO, FRESIA; BENDASSOLLI, JOSE ALBERTINO. Late Quaternary vegetation and coastal environmental changes at Ilha do Cardoso mangrove, southeastern Brazil. PALAEOGEOGRAPHY PALAEOCLIMATOLOGY PALAEOECOLOGY, v. 363, p. 57-68, NOV 20 2012. Citações Web of Science: 20.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIDOTTO, Elaine. Reconstrução paleoambiental (vegetação e clima) no Parque Estadual da Ilha do Cardoso - SP durante o Quaternário tardio. 2008. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Centro de Energia Nuclear na Agricultura Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.