Busca avançada
Ano de início
Entree


Educação bilingue para surdos : práticas discursivas em tempos de exclusão

Texto completo
Autor(es):
Daniella Cristina Bosco
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília
Data de defesa:
Membros da banca:
Anna Augusta Sampaio de Oliveira; Cristina Broglia de Feitosa Lacerda
Orientador: Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins
Resumo

Estudar a educação bilíngue para surdos em diferentes contextos de escolarização implica em uma aproximação de um fenômeno da realidade educacional complexo e repleto de tensões, no qual concorrem forças de diferentes segmentos da sociedade, na tentativa de se definir a melhor configuração institucional, que a educação bilíngue pode assumir dentro dos sistemas formais de ensino. Considerando essa problemática, a presente pesquisa tem como foco analisar as contribuições das práticas discursivas na constituição de sujeitos bilíngues, em dois espaços educacionais: uma escola inclusiva com proposição bilíngue e uma escola bilíngue para surdos. O referencial teórico adotado constituiu-se a partir dos aportes da psicologia histórico-cultural e do princípio dialógico de Bakhtin, além das obras de referência na área da surdez. Para cumprir tais objetivos foram realizados levantamentos das práticas discursivas envolvendo diferentes sujeitos presentes em sala de aula, em duas escolas que adotavam a filosofia educacional bilíngue. Como procedimentos de investigação foram utilizados videogravações e observações das práticas discursivas realizadas em sala de aula. Os dados foram coletados no período de março de 2012 a março de 2013 e, após a coleta, o material obtido com as filmagens foi submetido à transcrição conforme proposto nos estudos Quadros e Karnopp (2004) e Lodi (2006). A seleção dos fragmentos referentes aos dados coletados por meio das videogravações e observações das práticas discursivas ocorreu pelo movimento de retorno aos pressupostos epistemológicos e teóricos do qual originou o desenvolvimento desta pesquisa. A busca pela seleção dos fragmentos das enunciações depreendeu a apreciação pormenorizada das enunciações compartilhadas entre professor, intérprete, alunos ouvintes e surda (escola inclusiva) e professor bilíngue e alunos surdos (escola bilíngue para surdos)... (AU)

Processo FAPESP: 11/15633-3 - Práticas discursivas e concepções sobre a surdez: reflexões sobre a escola bilíngue no contexto educacional inclusivo
Beneficiário:Daniella Cristina Bosco
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado