Busca avançada
Ano de início
Entree


Caracterização do papel de dois fatores sigma de função extracitoplasmática da família FecI em Caulobacter crescentus.

Texto completo
Autor(es):
Heloise Balhesteros
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Marilis do Valle Marques; Rodrigo da Silva Galhardo; Frederico José Gueiros Filho; Ana Lucia Tabet Oller do Nascimento; Aline Maria da Silva
Orientador: Marilis do Valle Marques
Resumo

Fatores sigma de carência de ferro, representados por FecI de E. coli, direcionam a transcrição de genes de transporte de sideróforos (quelantes de ferro), e são geralmente regulados por fatores antissigma (FecR), que liberam o fator sigma após ligação do sideróforo no receptor de membrana externa (FecA). Caulobacter crescentus possui quatro genes para fatores sigma desta família. Ensaios de expressão gênica e crescimento indicaram que estes genes não respondem à disponibilidade de ferro. Em microarranjos de cDNA, apenas o gene fecA2 foi induzido em DfecR2 comparado à linhagem parental, sugerindo que este é o único gene alvo do fator sigma FecI2. Já DfecR4 mostrou indução em mais de 50 genes, alguns envolvidos na utilização de fontes alternativas de carbono. Ensaios fenotípicos com DfecI4 sugeriram que este gene é importante para o crescimento em g-ciclodextrina ou ácido caproico. Os resultados sugerem que o fator sigma FecI2 é bem específico, enquanto FecI4 parece regular uma resposta geral relacionada a compostos carbônicos, e não à homeostase de ferro. (AU)

Processo FAPESP: 09/52883-8 - Caracterização de fatores sigma de função extracitoplasmática envolvidos na resposta a carência de ferro em Caulobacter crescentus
Beneficiário:Heloise Balhesteros
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado