Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudo das alterações bioquímicas em sangue e diferentes órgãos de Phrynops geoffroanus (Schweigger, 1812) (Testudines: Chelidae) coletados em ambiente contaminado ou expostos ao benzo[a]pireno

Texto completo
Autor(es):
Maria Isabel Afonso da Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas.
Data de defesa:
Membros da banca:
Profa. Dra. Marisa Narciso Fernandes; Prof. Dr. Claudinei da Cruz; Prof. Dr. Luis Octávio Regasini; Profa. Dra. Débora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Orientador: Prof. Dr. Eduardo Alves de Almeida
Resumo

Os organismos aquáticos são frequentemente expostos a ampla gama de compostos químicos, cujos poluentes individuais podem produzir diferentes respostas dentre os organismos e/ou interagir entre si produzindo efeitos tóxicos aditivos, sinérgicos ou antagônicos. Muitas dessas substâncias são potencialmente citotóxicas, genotóxicas ou carcinogênicas, como os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). A espécie Phrynops geoffroanus ("Cágado-de-Barbelas", Schweigger, 1812) apresenta ampla distribuição em áreas tropicais e temperadas da América do Sul. Esta espécie é comumente encontrada em áreas impactadas, como rios poluídos que atravessam o perímetro urbano e recebem efluentes domésticos e industriais. Nesses ambientes, os quelônios estão expostos a pressões ecológicas que ameaçam a sua conservação e podem influenciar nos hábitos de vida e condições fisiológicas do animal. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações bioquímicas em diferentes órgãos (fígado, coração, pulmão, pâncreas, cérebro, intestinos delgado e grosso) de Phrynops geoffroanus coletados em ambiente contaminado por atuação antrópica (efluentes urbanos e industriais) (Etapa 1) ou expostos ao benzo[a]pireno, composto modelo de HPAs, por 7 dias (Etapa 2). Para isto, foram analisadas as respostas dos sistemas relacionados com a biotransformação de xenobióticos de fase I e II, atividades das principais enzimas antioxidantes e os níveis de malondialdeído (MDA), indicativos de estresse oxidativo, como biomarcadores para o biomonitoramento de impacto de poluentes. Além disso, foram verificadas a atividade enzimática da gama glutamil transferase (GGT) e a fragmentação do DNA pelo ensaio cometa, em sangue de Phrynops geoffroanus expostos ao benzo[a]pireno, a fim de identificar alterações hepáticas e genotoxicidade de acordo com as doses testadas do referido composto... (AU)

Processo FAPESP: 11/06680-8 - Estudo das alterações bioquímicas em tecidos de Phrynops geoffroanus (Schweigger, 1812) (Testudines: Chelidae), como biomarcadores de contaminação ambiental e exposição ao benzo[a]pireno
Beneficiário:Maria Isabel Afonso da Silva
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado