Busca avançada
Ano de início
Entree


Impacto da resposta imunológica no prognóstico do paciente com carcinoma diferenciado de tiroide : da bancada à clínica

Autor(es):
Lucas Leite Cunha
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Izabel Chiamolera; Janete Maria Cerutti; Ligia Vera Montali da Assumpção; Luis Alberto Magna
Orientador: Laura Sterian Ward
Resumo

O câncer de tiroide é a neoplasia maligna endócrina mais frequente. Muito embora a maioria destes pacientes apresente boa evolução clínica com as ferramentas terapêuticas atuais, 10-30% evoluirão com doença recorrente e contribuirão para as 1.890 mortes que são estimadas para 2014 nos Estados Unidos . As ciclooxigenases (COX) são um grupo de enzimas que catalisam a formação de prostaglandinas a partir do ácido aracdônico e a atividade de COX2 tem sido implicada na carcinogênese. Nosso grupo demonstrou anteriormente que diferentes células do sistema imunológico infiltram tecidos de cânceres de tiroide. O presente trabalho investigou a presença de marcadores de células do sistema imunológico, bem como marcadores tumorais de perfil inflamatório, procurando marcadores de prognóstico em pacientes com carcinoma diferenciado de tiroide. Foram investigados retrospectivamente 437 pacientes com carcinoma diferenciado da tiroide, cujas amostras de tecido previamente fixadas em formalina e incluidas em blocos de parafina eram mantidas no Banco de Tecidos do A.C.Camargo Cancer Center. Câncer bem diferenciado de tiroide foi diagnosticado em 305 pacientes: 252 com carcinoma papilífero e 53 com carcinoma folicular. Informações clínicas foram obtidas dos prontuários. Obtivemos tecidos de metástases linfonodais ao diagnóstico de 25 pacientes. Para estes casos, fizemos análise pareada entre tecido metastático e tumor primário. Foram investigados marcadores de células imunológicas em áreas intratumorais, incluindo macrófagos associados a tumores (CD68) e subpopulações de linfócitos infiltrantes de tumor, como CD3, CD4, CD8, CD16, CD20, CD45RO, GRANZIMA B, CD69 e CD25. Também foi investigada a expressão de COX2, IL-17A, IL-1'beta', IL-10, IL-6, CD134 e IL-23 nas células tumorais. Entre todos os parâmetros imunológicos avaliados, apenas o enriquecimento de linfócitos CD8+ e expressão de COX2 foram associados à recorrência. A análise multivariada, utilizando o modelo de riscos proporcionais de Cox ajustado para a presença de tiroidite crônica concomitante, identificou CD8+/COX2 como marcador independente de recidiva. Outros marcadores imunoistoquímicos não conseguiram prever o prognóstico dos pacientes. Notamos um aumento da densidade de linfócitos GRANZIMA B+ nas metástases linfonodais se comparado com os respectivos tumores primários. Metástases linfonodais apresentam menor expressão de COX2 e de IL-10. Isto sugere que mecanismos de evasão tumoral estejam diminuídos nos tecidos metastáticos, explicando, pelo menos em parte, por que a presença de metástases linfonodais não seria um excelente marcador de prognóstico nos pacientes com câncer diferenciado de tiroide. Nosso estudo mostrou que o câncer diferenciado de tiroide é infiltrado por múltiplas células do sistema imunológico e que o padrão de infiltração celular parece se associar a características clínicas e anatomopatológicas distintas. Este misto celular infiltrativo, juntamente com a produção de citocinas inflamatórias, cria um perfil de microambiente que é importante na determinação da agressividade tumoral. De fato, a presença de linfócitos T citotóxicos e a expressão de COX2 puderam prever o pior prognóstico dos pacientes estudados. Ainda, observamos que a metástase linfonodal é o sítio onde ocorreria uma resposta imunológica mais efetora e menos evasiva, de forma a determinar de forma mais assertiva um ataque imunológico efetivo coerente com a pouca força da metástase linfonodal como um preditor de prognóstico. (AU)

Processo FAPESP: 11/19681-2 - Análise crítica do papel prognóstico de linfócitos infiltrantes de tumores em carcinomas diferenciados de tireoide
Beneficiário:Lucas Leite Cunha
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado