Busca avançada
Ano de início
Entree


Revisão e análise cladística das aranhas Neotropicais do gênero Tafana Simon, 1903 (Araneae: Anyphaenidae, Anyphaeninae)

Texto completo
Autor(es):
Luiz Fernando Moura de Oliveira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Antonio Domingos Brescovit; Facundo Martín Labarque; Lina Maria Almeida Silva
Orientador: Antonio Domingos Brescovit
Resumo

Anyphaenidae apresenta 56 gêneros e 525 espécies e compreende aranhas com pequeno a médio porte, que habitam diversos ambientes. Anyphaenidae foi dividida em Amauroboidinae e Anyphaeninae sendo esta última caracterizada pelas quelíceras com mais de quatro dentículos na retromargem, espiráculo traqueal aproximadamente no meio do ventre ou entre o meio do ventre e o sulco epigástrico. Atualmente Anyphaeninae compreende 33 gêneros e 346 espécies na região Neotropical, dentro as quais se destaca o grupo Aysha, sendo o mais diversificado com 10 gêneros. Estes gêneros são caracterizados por possuir como característica diagnóstica importante, o processo embólico no palpo dos machos. O gênero Tafana Simon é diagnosticado por apresentar distinta projeção na base do êmbolo e processo tegular ventral distal próximo a apófise média no palpo dos machos e margem anterior esclerotizada e septo atrial no epígino das fêmeas. O presente trabalho teve por objetivo revisar e analisar filogeneticamente o gênero Tafana e ver as relações de parentesco com as espécies do grupo Aysha. As análises cladística foram realizadas a partir de uma matriz com 21 terminais e 71 caracteres provenientes de estudo morfológico comparado. Utilizamos como critério de optimilidade a parcimônia. A obtenção de inferências filogenéticas resultou em duas árvores mais parcimoniosas, apresentando 147 passos (IC= 53; IR=62). De acordo com a árvore de consenso o gênero Tafana é monofilético apresentando alça mediana do ducto espermático na região distal do tégulo, projeção na base do êmbolo laminar ou cônica e borda lateral sinuosa. Sendo assim o gênero Tafana pertence ao grupo Aysha, por apresentar processo embólico no palpo dos machos. Além disso o gênero Tafana Simon foi revisado e redescrito machos e fêmeas de Tafana quelchii, T. silhavyi e T. straminea. Descrevemos onze espécies novas. Nove espécies mantem sua distribuição para o norte da América do Sul, no Equador, Venezuela, Colômbia, Peru e Bolívia, e duas espécies, Tafana sp. nov. 6 e Tafana sp. nov. 7 com distribuição para o norte da Argentina (AU)

Processo FAPESP: 15/13815-8 - Revisão e análise cladística das aranhas neotropicais do gênero Tafana Simon, 1903 (Araneae: Anyphaenidae, Anyphaeninae)
Beneficiário:Luiz Fernando Moura de Oliveira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado