Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudo do perfil eletroforetico de proteinas intracelulares de Candida albicans isoladas da cavidade bucal de escolares

Autor(es):
Marcelo Fabiano Gomes Boriollo
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba
Data de defesa:
Membros da banca:
Mario Tsunezi Shimizu; Reginaldo Bruno Gonçalves
Orientador: Jose Francisco Hofling
Resumo

Um total de setenta e cinco amostras de Cândida albicans isoladas da cavidade oral de escolares saudáveis, do município de Piracicaba, estado de São Paulo, região sudeste do Brasil, com idades variando entre seis e nove anos, provenientes de cinco classes socioeconômicas e oito escolas, foram estudadas. Com base nos dados da literatura, o propósito da presente pesquisa foi analisar os graus de associação (similaridade) entre esses isolados, através da técnica de eletroforese de proteínas intracelulares em gel de poliacrilamida, em sistema descontínuo (SDS-PAGE), com ênfase nos estudos de caracterização epidemiológica desses microrganismos. As amostras foram inoculadas em 50 mL de meio de cultura YPD. Decorrido o tempo de incubação, as amostras foram centrifugadas a 3.000 x g, por 5 minutos. Os sedimentos obtidos foram ressuspensos em água destilada gelada, lavados e fracionados em alíquotas de 0,5mL, os quais foram submetidos ao processo de extração de proteínas por pérolas de vidro. As concentrações de proteínas das amostras foram padronizadas para 800ug/500uL, as quais foram mantidas a - 75 °C até o momento de uso. Os extratos celulares obtidos, foram submetidos à técnica de SDS-PAGE. Após a corrida eletroforética os géis foram revelados. As bandas de proteínas, indicativas do perfil eletroforético de cada amostra, receberam valores 1 (um) para a presença de bandas e 0 (zero) para a ausência das mesmas, numa comparação entre os "lanes". O conjunto desses dados permitiu a confecção de matrizes de dados binários com intervalo de confiança de ±1,245, as quais foram plotadas no pacote estatístico NTSYS-pc 1.70 aplicando o coeficiente de associação (similaridade) de Dice. Essas matrizes de similaridade foram tratadas pelo algoritmo UPGMA, que gerou os dendrogramas que possibilitaram as análises dos graus de similaridade existentes entre os isolados de Cândida albicans. Os resultados obtidos mostraram a formação de vários "clusters", presentes nos dendrogramas UPGMA, com características heterogêneas, contendo as amostras de escolares provenientes de diferentes classes socioeconômicas e escolas. Essa heterogeneidade sugere a existência de polimorfismo nessa espécie. A aplicação de proteínas intracelulares para análise numérica de Cândida albicans, permite a determinação preliminar dos agrupamentos desses isolados, independentemente de suas origens. A diversidade e heterogeneidade dos "clusters", detectáveis nos diversos dendrogramas, obtidos pela análise do perfil eletroforético dos extratos proteicos dessa espécie, sugerem que a caracterização infraespecífica mais apurada deve envolver marcadores menos sujeitos a interferências de expressão, como por exemplo, aqueles que exploram o polimorfismo de ácidos micléicos (AU)

Processo FAPESP: 97/13518-3 - Análise numérica do perfil eletroforético de proteínas totais de Candida albicans (Berkout) de escolares de diferentes categorias socioeconômicas
Beneficiário:Marcelo Fabiano Gomes Boriollo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado