Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudos visando a construção de sistemas 6-Aza-[4. 5. 0]-espirobiciclodecano : aplicação na sintese de haliclorina e analogos

Autor(es):
Andrea Leal de Sousa
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química
Data de defesa:
Membros da banca:
Paulo Henrique Gorgatti Zarbin; Rolando Angel Spanevello; Lucia Helena Brito Baptistella; Fernando Antonio Santos Coelho
Orientador: Ronaldo Aloise Pilli
Resumo

Os alcalóides marinhos haliclorina (1), ácido pináico (2) e ácido tauropináico (3), isolados, por D. Uemura e colaboradores em 1996, apresentam em comum um sistema 6-aza-[4.5.0]-espirobiciclodecano. A atividade biológica da haliclorina (1) está relacionada com a inibição de moléculas associadas à adesão de células vasculares (VCAM-1) com IC50 de 7mg/mL. O ácido pináico (2) e ácido tauropináico (3) são inibidores da fosfolipase A2 (FLA2). Devido à similaridade estrutural existente entre haliclorina (1), ácido pináico (2) e ácido tauropináico (3), a proposta sintética para estes produtos naturais apresenta um intermediário chave em comum, o núcleo 6-aza-[4.5.0]- espirobiciclodecano. A estratégia sintética foi baseada em uma reação de Michael estereosseletiva entre enolato de lítio da N-propionilpirolidina e 1-ciclopenten-1-carboxilato de metila, seguida da alquilação in situ com 4-iodo-butirato de etila formando 4 em 68% rendimento. A próxima etapa consistiu na condensação de Dieckmann seguida de hidrólise/descarboxilação conduzindo a cetona 5 (61% rendimento) que sofreu redução com LiEt3BH, seguida de lactonização espontânea para gerar 6 (67% rendimento). Após algumas manipulações de grupo funcionais foi obtida a oxima 7 (76% rendimento de 6) precursora do rearranjo de Beckmann que forneceu a lactama espirobicíclica 8 em 60% rendimento (AU)

Processo FAPESP: 01/00795-6 - Estudos visando a construcao de sistemas 1-aza-[4.5.0] espirobiciclodecano. aplicacao na sintese de haliclorina e analogos.
Beneficiário:Andréa Leal de Sousa
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado