Busca avançada
Ano de início
Entree


Hipertensão arterial em SHR : modificações homeodinamicas da inervação renal

Autor(es):
Patricia Aline Boer
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Nestor Schor; Marcelo Augusto Marretto Esquisatto; Francesco Langone; Paulo Pinto Joazeiro
Orientador: Jose Antonio Rocha Gontijo
Resumo

Os rins têm papel central na patogênese da hipertensão arterial primária. Dentre os mecanismos renais envolvidos no desenvolvimento pressórico são descritos àqueles relacionados a alterações hemodinâmicas e na manipulação tubular renal hidro-eletrolítica. No estudo fisiopatológico da hipertensão arterial primária humana têm sido utilizados modelos experimentais análogos dentre os quais destaca-se a linhagem geneticamente hipertensa de Kyoto (SHR). A gênese da hipertensão arterial nestes animais ainda não está inteiramente entendida. Tem sido observado nestes animais um envolvimento etiopatogênico mutifatorial dentre os quais destacam-se as modificações na atividade neural central e periférica,distúrbios neuro-endócrinos. e eletrolíticos, acentuada atividade mitogênica da musculatura vascular e significativas alterações funcionais nos rins. Algumas destas alterações antecedem a elevação pressórica. Sabendo-se que a inervação simpática eferente e sensorial aferente renal participam da modulação hemodinâmica, da secreção de renina e do controle da excreção urinária de sódio, o presente trabalho teve como objetivo geral investigar a participação neural (aferente e eferente) renal nestes aspectos etiopatogênicos da hipertensão arterial em SHR. Especificamente, para avaliar a contribuição da atividade nervosa renal sobre a excreção urinária de sódio, investigamos a manipulação tubular deste íon em diferentes segmentos do néfron (proximal e pós-proximal) em SHR antes e após a elevação pressórica (4 e 12 semanas) comparando os resultados a ratos Wistar Kyoto (WKy). Nossos resultados demonstraram elevada reabsorção tubular (proximal e pós-proximal) de sódio em SHR acompanhada de significativa redução na natriurese. Esta menor excreção renal de sódio foi atenuada pela denervação renal bilateral. Estes resultados sugerem aumento da atividade simpática neural associada ou não a menor atividade aferente sensorial (ARNA) neste modelo. Estudos prévios indicam que ratos espontaneamente hipertensos apresentam diminuição da ARNA Uma vez que a ARNA modula a atividade simpática eferente renal (ERSNA) e, conseqüentemente a natriurese (reflexo renorenal) e, que a resposta aferente renal a estímulos mecano- (MR) e quimioreceptores (CR) e a SP está deprimida em SHR adultos, avaliamos se existe modificações na expressão e localização de neuropeptídeos envolvidos na mediação MR e CR, no gânglio da raiz dorsal (GRD) e na pelve renal (PR), destes animais. O presente estudo avaliou em ORD e na PR a expressão e distribuição sub-celular de CGRP, SP e seu receptor 'NK IND. 1R' (por western blot, microscopia confocal a laser e eletrônica de transmissão) em SHR (de 7 e 14 semanas) e em WKy. Nossos resultados mostram, pela primeira vez, a localizaçao nuclear de CORP, SP e seu receptor 'NK IND. 1R' ('NK IND. 1R')em neurônios de GRD. Os resuhados também indicam em WKy, a presença de 'NK IND. 1R' associados à heterocromatina em 30% das sub-populações de neurônios presentes nos ORD. Adicionalmente, a presença nuclear de 'NK IND. 1R' foi também evidenciada em células de Schwann e satélites. A transposição nuclear e os sítios aceptores destes neuropeptídeos junto à heterocromatina ainda deverão ser futuramente investigados. Em SHR, observamos aumento na expressão nuclear de CGRP e SP, associado a menor expressão de NK}. Tal redução de 'NK IND. 1R' ocorreu na superficie de neurônios do ORD e na pelve renal. O presente estudo indica que alterações na expressão e localização de neuropeptídeos e 'NK IND. 1R', podem estar relacionados à atenuada ARNA com conseqüente elevação da ERSNA, retenção renal de sódio e hipertensão arterial em SHR (AU)

Processo FAPESP: 98/00340-4 - Estudo da ação nefrotóxica do veneno de Bothrops moojeni "in vivo" em rim isolado e cultura de células renais
Beneficiário:Patrícia Aline Boer
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado