Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudo do processo de urbanização e das transformações do uso da terra urbana no município de Santos (SP) com uso de geotecnologias

Autor(es):
Maria Isabel Figueiredo Pereira de Oliveira Martins
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Geociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Regina Célia Bega dos Santos; Ailton Luchiari
Orientador: Lindon Fonseca Matias
Resumo

Nas grandes cidades brasileiras, tem-se notado atualmente a precariedade quanto à aplicação de políticas públicas de gestão territorial municipal relacionadas à adequação do uso da terra urbana em conformidade com a qualidade socioambiental. Isto se verifica no município de Santos, nos diferentes padrões de distribuição das diversas formas de uso de ocupação da terra intraurbana em sua área insular. A partir da década de 1970 até os dias de hoje, a produção do espaço urbano santista ocorre principalmente por meio de empreendimentos imobiliários verticalizados, sobretudo de alto padrão e localizados próximos à orla marítima, dada a ausência de espaços disponíveis para o crescimento horizontal de sua mancha urbana e também o alto contingente populacional atraído pelas atividades portuárias e turísticas. Portanto, esta dissertação de mestrado teve como principal objetivo a construção de um discurso pautado nas metodologias geográficas, buscando compreender a produção do espaço urbano do município de Santos e auxiliar a execução de políticas públicas de ordenamento territorial tendo em vista um uso mais democrático da cidade. A partir de análises qualiquantitativas oriundas dos dados produzidos pelo mapeamento de uso da terra intraurbana, no qual foram classificadas sistematicamente 38 classes distintas das atividades que predominam em cada quadra urbana, foi possível analisar a intensidade de ocorrência de cada uma dessas atividades pelo estimador de intensidade Kernel, que possibilitou o entendimento da estruturação do espaço urbano deste município no período atual. Neste sentido, a produção cartográfica evidenciou a predominância de atividades mistas. As observações empíricas realizadas proporcionaram a análise e a diferenciação dos padrões das tipologias urbanas verificadas neste espaço urbano, evidenciando a influência direta que o preço da terra possui na distribuição espacial de cada indivíduo na área de estudo. Sob essa ótica, foi possível representar cartograficamente a ocorrência dos diferentes padrões tipológicos, em que podemos destacar as áreas de residência da população socialmente excluída e as áreas de atividades de médio e alto padrão. (AU)

Processo FAPESP: 12/19791-5 - Estudo do processo de urbanização e das transformações do uso da terra urbana no Município de Santos - SP com uso de geotecnologias
Beneficiário:Maria Isabel Figueiredo Pereira de Oliveira Martins
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado